Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

ENTORPECENTE E DEGRADANTE

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) POR MAIOR QUE SEJA A POMPA e o simulacro de superioridade que um caipora, doutamente empavonado, queira exibir com sua artificiosa elegância verbal, o tesouro carcomido que jaz em seu coração fica, dum jeito ou de outro, mais que visível ao luzeiro de todos, menos para as meninas de seus olhos, tendo em vista que esse tipo de gente não se enxerga de jeito maneira, devido a sua intratável afetação diplomada que apenas atesta a fatuidade que infecta sua alma.
(ii) O POLITICAMENTE CORRETO ENTORPECE a alma de tal forma que, quando um indivíduo é tomado por essa praga, acaba tornando-se incapaz de distinguir um simples gracejo cáustico de um, como dizem, discurso de ódio; o sujeito fica impossibilitado de diferenciar uma simples ironia de um ato de violência. Isso é triste, sim senhor, mas é assim mesmo. E, assim o é, porque a única coisa que essa tranqueira, o politicamente correto, faz é cevar o ódio nos corações dos indivíduos ao mesmo tempo em que insu…

APENAS UM RELÓGIO QUEBRADO

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) DEVEMOS PROCURAR RESTAURAR todas as coisas, inclusive e principalmente nossa alma, em Cristo. Abraçar a mundanidade para refazer-se é autodestruição.
(ii) A SENSIBILIDADE DO BRASILEIRO para problemas é toda invertida. Faz-se, aqui nessas terras, um auê por picuinhas e mantemos silentes e indiferentes diante de problemas realmente sérios. Bem, é isso o que ocorre quando o velho e bom senso das proporções é maculado pelo relativismo moral.
(iii) UM ERRO DEVE SER CORRIGIDO e, no ato de corrigi-lo, o mesmo acaba sendo esclarecido quando a repreensão por sua realização é clara e direta. Porém, atualmente, não apenas tornou-se feio pensar em corrigir um erro, mas, se ousarmos corrigir o dito cujo, devemos explicar e justificar a necessidade da sua reparação; não para aplica-la, apenas para que nossa intenção não venha parecer malévola diante dos olhares politicamente corretos que amam dissimular preocupações mil com tudo e com todos que estejam em seu horizon…

O FIO E A AGULHA

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) SE IGNORAMOS A FINALIDADE DAQUILO que fazemos, abdicamos da condição de agente consciente duma ação e reduzimo-nos a posição dum reles instrumento nas mãos de sujeitos que desconhecemos para realizar, justamente, uma plêiade de finalidades de ignoramos.
(ii) O MAIOR SINTOMA DA DECADÊNCIA da inteligência nacional a imensa dificuldade, que nalguns caso chega a total incapacidade, que muitos indivíduos manifestam para compreender uma simples ironia.
(iii) PROCURO, NA MEDIDA DAS MINHAS MUITÍSSIMAS limitações, tratar os temas que me atraem e as questões que me inquietam numa perspectiva similar à adotada por Miguel de Unamuno. Ou seja: trato todos os temas em que fio-me a estudar e as indagações que colocam-me a meditar, como se fossem pessoais; como se fosse uma questão de vida ou morte. Digo, como se fosse uma questão de morte ou vida.
(iv) O MARXISMO É O ÓPIO DOS INTELECTUAIS e das demais almas que estão alienadas de si e de sua humana condição devido justa…

MÃOS LEVES, ALMA LEVIANA

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) NÃO SOU PROFISSIONAL de patavina nenhuma e em nada que realizo. Sou apenas um irresoluto e confesso amador. Amo tudo o que faço e, sem não amo, procuro fazer por amor.
(ii) A PALAVRA É UM DOM PRECIOSO, preciosíssimo, para ser desperdiçada com nossas frivolidades do dia a dia que apenas fazem inchar o nosso ego vaidoso e cegar a nossa alma desordenada.
(iii) O CABOCLO QUE DIZ CRER APENAS naquilo que seja uma verdade cientificamente comprovada, em regra, não passa dum crédulo tonto que ignora o que seja uma prova, que não sabe como se pratica uma ciência e que desdenha soberbamente o que seja a dita cuja da verdade.
(iv) O TEMOR DO SENHOR, COMO TODOS SABEMOS, é o princípio da Sabedoria; a presença total da realidade é a fonte primeira dela. Como dissemos, todos sabemos disso e, mesmo assim, preferimos muitas vezes guiar nossos atos, gestos e palavras pelo temor que nos é semeado pelas levianas línguas e maliciosos olhares do mundo que anseiam nos reduzir a …

[podcast] CONVERSA QUIXOTESCA, CIDADANITE E AMOR AO PRÓXIMO

Imagem

[podcast] CONVERSA QUIXOTESCA - O GRANDE MAL

Imagem

O VELHO LIBAMBO ENFERRUJADO

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) DIANTE DAS INFINDÁVEIS CONFUSÕES presentes na sociedade atual é imprescindível que procuremos tratar as coisas pelo que elas de fato são e, jamais, nos darmos ao desfrute de julgarmos elas a partir daquilo que se diz a respeito delas. Sim, a imagem é um elemento integrante da realidade, porém, não é a inteireza dela que, quanto é isolada do restante da realidade, ela acaba perdendo a sua significação originária.
(ii) NÃO PENSE TANTO NO PECADO que os outros cometem. Pergunte-se sobre os pecados que nós cometemos e que, soberbamente, nos recusamos a reconhecê-los como tal.
(iii) AO VERMOS UMA PESSOA DIGNA, prestativa e boa, somos abençoados com uma presença que pode nos servir de inspiração. Quando nos defrontamos com uma pessoa indigna, folgada e má, somos abençoados com uma presença que pode nos auxiliar na realização de uma serena e indispensável autocrítica.
(iv) DICA NÚMERO UM PARA ESTUDARMOS a dita cuja da história: estar sempre aberto para narrativas…

[podcast] CONVERSA QUIXOTESCA - EDUCAR EDUCANDO-SE

Imagem

[podcast] CONVERSA QUIXOTESCA - TUDO NO AVESSO

Imagem

PÃO E UM POUCO DE VINHO BARATO

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) A CADA SEMANA QUE PASSA, Brasília amplia mais e mais o seu picadeiro espetaculoso, daquele vil cirquinho sem a menor graça; e faz isso enquanto o Brasil afunda-se, cada vez mais, em sua desgovernada tragédia que, a muito, deixou para traz o cadinho de comicidade que havia em sua histórica desventura. Enfim, o bicho está tão feio que nem dá vontade de fazer piada.
(ii) LIBERDADE É APENAS UMA PALAVRA que pode, mui facilmente, ganhar um significado com um conteúdo contrário ao seu sentido original. Aliás, essa é uma imagem bem corriqueira e que ilustra perfeitamente os dias atuais. Qualquer lugar onde vemos multidões em cena, vemo-las clamando pela liberação de todos os limites morais para a libertação de todos os nossos instintos, principalmente dos mais baixos, como se tal clamor fosse a quintessência da liberdade, da realização da plenitude humana. Porém, o que tais multidões não se flagram é que, com tais clamores e bandeiras, a única coisa que estão…

[podcast] CONVERSA QUIXOTESCA - LIBERDADES

Imagem

[podcast] CONVERSA QUIXOTESCA, SER PROFESSOR.

Imagem

ALGUNS PALPITES E UMA XÍCARA DE CAFÉ

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) QUANDO UMA ABSURDIDADE INTOLERÁVEL passa a ser aceita e respeitada por uma geração como senso algo bom e, como dizem, tolerável, a geração subsequente, infeliz e inevitavelmente, acabará aceitando como natural o que até então era evidentemente aberrante e passará a encarar como inaceitável tudo aquilo que seja contrário ao absurdo agora normatizado.
(ii) NA SEMANA EM QUE SE CELEBRA os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, e dos 100 anos do milagre do Sol de Nossa Senhora em Fátima, todos nós tivemos que testemunhar, atônitos, a uma investida alucinada e alienante realizada pela grande mídia, empresas, artistas, intelectuais, enfim, de toda horda que está alinhada com a agenda dos potentados globalistas que, histericamente, reafirmaram os sofismas da ideologia de gênero como se fosse a revelação dum novíssimo e apócrifo evangelho segundo Nero.
Aliás, reafirmaram o que a décadas esses potentados vem sorrateiramente semea…

O RATO QUE NÃO RUGE

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) O ABUSO DE AUTORIDADE É ALGO degradante, repugnante, pois revela de que matéria é feita a alma do portador do dito cujo do poder usado e abusado em nome sabe lá do que, ou de quem. Todavia, não apenas a posse deste revela a substância dum sujeito. O denuncismo também, seja ele histérico ou sorrateiro. Essa prática covarde, típica dos capachões, desvela a verdadeira face duma pessoa que anseia deleitar-se com o abuso do poder, mesmo que seja apenas através da sombra de outrem. Enfim, no fim das contas, o denuncismo e o autoritarismo são o verso e o reverso da mesma moeda podre largamente usada no mercado patrimonialista da canalhada unida.
(ii) O QUE DE FATO É TRISTE, digo, o que de fato faz-se vergonhoso é termos de testemunhar, atônitos, o silêncio covarde e escandaloso de grandíssima parte do clero católico frente as aberrações blasfemas que escandalizaram inúmeras almas nas últimas semanas em nosso triste país; aberrações que, dissimuladamente, for…

DELICADO FEITO PINO DE PATROLA

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) NÃO HÁ DÚVIDAS DE QUE UMA OBRA DE ARTE pode muitas vezes conter certo ímpeto revolucionário, um determinado timbre de contestação que pode revitalizar o quatro geral duma civilização. Outra coisa bem diferente são os chiliques infantis que se tornaram tão corriqueiros em boa parte da arte contemporânea.
(ii) NA ÂNSIA DE PARECER ORIGINAL, na veleidade de querer se apresentar como um furioso contestador de tudo e de todos, muitíssimos sujeitos - que se apresentam como artistas e intelectuais - acabam terminando por desedificar tudo e todos; acabam degradando-se através da apresentação da suma decomposição de sua humanidade, como se essa fosse digna de aplausos e que, no frigir dos ovos, não chega nem mesmo a ser digna de pena.
(iii) CERTA FEITA, NIETZSCHE HAVIA DITO que a arte existe para que a verdade não nos destrua. O que, talvez, o cáustico bigodudo não imaginava que aconteceria é que, numa certa época, surgiriam certos artistas que dedicariam todas a…

CUTUCANDO ONÇA COM PALAVRAS CURTAS

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) O MUNDO MODERNO PERDEU O SENSO da alegria. Tamanha é a confusão que a loucura escandalosa passou a ser tida como medida universal de contentamento.
Tamanha é a confusão que, se uma pessoa apresenta-se serena, a placidez de seu semblante é tida como uma manifestação discreta de tristeza.
Se isso já não fosse o suficiente, confunde-se a júbilo com a satisfação de todo e qualquer prazer rasteiro. Não que o prazer seja ruim. Não mesmo. O que é sinistro é colocá-lo, com sua efemeridade e seu insaciável apetite, no lugar a alegria.
Não é por menos que a cada dia que passa, vemos mais e mais um crescimento no número de almas sorumbáticas, atordoadas com a monotonia da vida moderna, pois, ao contrário da alegria, os prazeres, com o tempo, se esgotam, deixando um vazio nos inquietos corações humanos.
Enfim, por essas é outras que toda pessoa minimamente sensata sabe que esse mundo não é um harém, nem um parque de diversões; toda alma minimamente razoável sabe qu…

A TRISTEZA DO JECA

Imagem
Por Dartagnan da silva Zanela (*)
(i) SEMPRE DESCONFIEI, E IREI CONTINUAR até o fim dos meus dias desconfiando, de todo aquele que se vangloria, publicamente, da caridade que fez aqui e acolá, principalmente se essa foi realizada com o chapéu do contribuinte.
Ora, o velho conselho é claríssimo: não deixa que tua mão esquerda saiba o que fez a tua direita (Matheus VI; 3). O dito é antigo e repetido a exaustão em todos os pampas, porém, o conselho bíblico é ignorado olimpicamente por todas as vivas almas que se fazem de generosas, movidas, sempre, pelos mais variados e indignos interesses de ocasião.
E o pior é que tem muito tongo de carteirinha que acha esses showzinhos patéticos a coisa mais linda do mundo. E como tem meu caro Watson! Como tem.
Bem, de minha parte, fico cá com o conselho de Coelho Neto que nos lembra, através de seus rabiscos esquecidos, que a caridade deve sempre ser tal qual a luz do sol, que generosamente tudo ilumina sem mostra-se; e similar ao aroma das flores, que pe…

NA CANOA FURADA

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) NUMA PASSAGEM DE SEU LIVRO “ORTODOXIA”, Chesterton nos lembra de que um lunático é um sujeito que perdeu tudo, tudo mesmo, menos a razão. Afirmação essa que facilmente podemos comprovar quando, por descuido, damos trela para que uma pobre alma, ideologicamente deformada, exponha as suas sandices utópicas, as suas tais razões.
(Em casos como esse, papel higiênico pouco é bobagem. Previna-se).
Doravante, sujeitos assim, desse naipe confuso, visivelmente perderam tudo, inclusive a noção do ridículo, porém, todavia e, entretanto, não abrem mão, de jeito maneira, de suas razões furadas, com as quais ele procura se proteger de qualquer um que tenha a petulância de lhe contar uma verdade, por pequena que seja.
E, esses pobres diabos agem assim porque têm medo de conhecer a verdade. Eles a temem porque a dita cuja irá, provavelmente, implodir os alicerces de sua vida, destronando as razões equivocadas sobre as quais eles construíram sua existência.
Enfim, esses…

DATA ESTELAR 20170929

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(i) O QUE UMA PERSONALIDADE MEDÍOCRE, tipicamente brasileira, deve fazer para amadurecer e vir a ser uma pessoa digna, prestativa e boa? O que mesmo? Pois é. Essa questão, em meu ver, deveria ser a coluna central no processo de formação dum indivíduo. Questão essa que, em nossa sociedade, nem mesmo chega a ser cogitada. Nem de leve, nem de longe.
(ii) O CONSERVADORISMO não é uma ideologia, nem um partido, muito menos uma facção; é apenas a atitude característica de toda e qualquer pessoa minimamente decente.
(iii) POR QUE DEVEMOS OPINAR sobre isso ou aquilo? Por vaidade. Por leviandade. É isso. Só por isso. Opina-se por imaginarmos que sabemos algo sobre aquilo ou sobre esse outro, que apenas ouvimos falar aqui ou acolá e que, de certa forma, tais causos jornalísticos, mal comunicados e mal compreendidos, acabam causando em nós aquele velho sentimento de indignação. Ah! A tal da indignação que, como sempre, anda de mãos dadas, faceira da vida, com a leviand…