TORRESMO BEM SEQUINHO


Por Dartagnan das Silva Zanela (*)

Não consigo crer na bondade de nenhuma alminha que defenda uma vírgula da agenda politicamente correta e da estratégia marxista cultural.

Digo isso não por maldade não. Declaro isso porque, em regra, praticamente sem exceções, essa gente que acusa e condena todos os que não subscrevem sua agenda, veem a si mesmas como sendo criaturinhas puras, incorruptíveis e impolutas que pairam acima do bem e do mal ao velho estilo totalitário com todas as pompas luciferinas.

Resumindo o entrevero: ninguém que se acha tão bom e que considera os seus antípodas e desafetos tão maus pode ser considerada uma pessoa digna dos louvores que imagina ser.


(*) Professor, cronista e bebedor de café.

Comentários