A PASSARINHADA PARTIU PARA O ATAQUE

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(i)
Não avalie questões políticas com base numa visão ideológica. Aprecie-as a partir das conexões existentes entre os agentes e seus projetos.

(ii)
A sociedade e a vida individual são dinâmicas e cheias de possibilidades. Por isso, reduzi-las num esquema ideológico é mutilá-las vilmente.

(iii)
O grande problema não é o culto duma personalidade política em si. O enrosco está naquilo que ela simboliza, nos valores que representa.

(iv)
O problema não é o conflito entre projetos de poder; é a existência de apenas um que capitaliza tudo em seu favor independente do que ocorra.

(v)
É muito frequente vermos pessoas preocupadíssimas com a sua autoimagem imaginando que isso seja a mesma coisa que autoconhecimento.


(*) Professor, cronista e bebedor de café.

Comentários