QUASE POESIA, n. 118

Putrefaz e insepulta
Está nossa República.
Enferma em estado grave
Está toda a brasilidade.

Comentários