sábado, 20 de maio de 2017

QUASE POESIA, n. 117

Queria ver toda a militontada sem noção 
Que tem seus quadrilheiros de estimação
Berrarem com a mesmíssima empolgação
Contra os seus bandoleiros do coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário