OLHAI OS DELÍRIOS DO CAMPO

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

Mais importante que ficar discutindo com fulano ou beltrano sobre esse ou aquele assunto, é estudar e meditar de modo sério e desapaixonado sobre o que os néscios tão convictamente discordam sem ao menos ter parado para conhecer razoavelmente as ramificações e implicações daquilo que ocupa o seu falatório oco e presunçoso.

Boa parte do que se discute a respeito de política - nacional e internacional - é dessa natureza.

Praticamente tudo o que se parla sobre essa seara, aqui nessa terra de botocudos, não passa dum blábláblá desse gênero onde nervosamente se afirma um monte de lugares comuns como se esses fossem o suprassumo da sabedoria prática; como se o mundo dependesse das conclusões vazias que são enunciadas nessas conversas viciosas e viciantes.

Enfim, seja como for o gosto da freguesia, esse trem fuçado é algo tão divertido de se ver quando triste de se testemunhar.


(*) Professor, cronista e bebedor de café.

Comentários