COISINHAS SONSAS DA MODERNIDADE

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

O mundo moderno é uma lindeza! Todo mundo, cada um ao seu modo, luta, quer dizer, faz manha e bate o pezinho para ver os seus desejos mais obscuros reconhecidos como um direito fundamental inalienável.

Seguindo esse andor (depre)cívico onde, bem ao contrário do que as almas sonsas esperavam, a cada dia que passa aumenta significativamente o narcisismo, cresce abusivamente o uso do outro como um mero instrumento para a obtenção de prazeres tão efêmeros quanto egoístas, temos a expansão do hedonismo e contamos com um número crescente de divórcios.

Pois é, e com tudo isso, bem ao contrário do que muitos esperavam, as pessoas estão mais e mais solitárias e infelizes (mesmo tendo uma chusma de "seguidores" e “amigos” em suas redes sociais).

Porém, todavia e, entretanto, o importante mesmo, para as cabeças sonsas e modernosas, é que todos nos sintamos mais emancipados, liberados e empoderados com nossas infelicidades coletivas, angustias difusas e, principalmente, com nossas frustrações existenciais individuais.

(*) Professor, cronista e bebedor de café.

Comentários