QUASE POESIA – n. 73 (19/I/2017)

Sempre que, nessa triste nação,
A chapa começa esquentar
Um avião resolve, assim,
Do nada, das alturas precipitar
E, no chão, ou entre casas, ou
No meio do mar se espatifar.

Comentários