QUASE POESIA – n. 72 (19/I/2017)

Os dias atuais são tão confusos e pestilentos
Que com uma facilidade até então impensável
Confunde-se qualquer bom mocismo agourento

Com a força curativa dum coração afável.
Não só isso faz parte desse triste momento.
O perdão também se reduziu a uma fraqueza abominável

Perdendo todo o seu poder de redimir os tormentos.
E assim o é por darmos primazia total ao mundo aparente
Ignorando o essencial significado de uma ação clemente.

Comentários