O BRASIL AOS OLHOS DO DR. MABUSE

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

No Brasil, do alto de seu berço esplêndido, tem muita gente que imagina que tudo está correndo muito bem devido à solidez de nossas enfermas instituições democráticas.

Bem, se assim o é e o louco da história sou eu, então vejamos: o nosso amado país é recordista mundial em número de homicídios (Que lindo).

O Brasil obtêm insistentemente os piores resultados nos testes internacionais que avaliam o desempenho educacional de crianças e adolescentes (Mais lindo ainda).

A nação verde amarela ostenta um portentoso e contínuo aumento no número de usuários de drogas como cocaína, crack e etc. (Alucinante).

Somos um país onde as pessoas mais precocemente iniciam a sua vida sexual (Pois é, pois é, pois é).

A pátria de chuteiras é líder mundial no número de professores que são agredidos em sala de aula (Eita!).

Enfim, sem apresentar nenhum outro índice vexaminoso, te digo uma coisa: qualquer um que diga que o Brasil não é uma sociedade doente e que o Estado brazuca, com suas políticas, não seja uma tranqueira doentia, só pode ser um inteligentinho afetado fora da cozinha.

E te digo outra: qualquer um que insista em asseverar que aqui tudo corre muito bem, obrigado, e que afirme que qualquer coisa dita em contrário seria apenas um punhado de delírios de um teórico da conspiração só pode ser um carniça que está contribuindo direta e/ou indiretamente com qualquer um dos vergonhosos placares acima apresentados.

(*) Professor, cronista e bebedor de café.

Comentários