O PATO E SUA PATA

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(1)
É importante saber a diferença que há entre o "caminho do meio” e a mediocridade para não acabar caindo numa tolice mendaz desnecessária.

(2)
Estar consciente é perceber-se como um exilado no mundo. Alienar-se é crer que há um lugar verdadeiramente nosso nesse vale de pó e sombras.

(3)
Não queira ter uma resposta cínica na ponta da língua para toda e qualquer ocasião. Prefira ser prudente no falar e diligente no agir.

(4)
Ostentar títulos, venerar carreiras e benesses tolas que exigem de nós apenas trejeitos de superioridade é a própria mediocridade manifesta.

(5)
Seja generoso para com todos; procure trazer alegria aos corações aflitos; porém, busque na medida de suas forças não ser inconveniente.

(6)
Após a última do STF não há mais a menor dúvida de que o Brasil tornou-se um colossal manicômio onde lunáticos travestem-se de autoridades.

(7)
Cristo - o Verbo divino encarnado - é o Centro da revelação, o vértice de toda a história, a razão da existência de toda a criação.

(8)
Cristo não É o messias esperado; nem tão só o messias inesperado. Ele é o Deus incompreendido, a Verdade negada e o Amor repudiado por nós.

(9)
O STF ao intimar Bolsonaro por suas querelas parlamentares com Maria do Rosário apenas atesta que não passa de uma piada muito mal contada.

(10)
Não sei em que medida o trabalho dignifica o homem; sei apenas que certas almas dignificam tudo o que fazem com seu labor zeloso e dedicado.

(11)
Todo aquele que confunde os meios para realizar algo com os fins que deverão ser atingidos deveria, francamente, tomar o muitíssimo cuidado quando for tecer qualquer consideração sobre o que seja a grandeza ou a mendacidade de qualquer coisa.

(12)
Tornar-se consciente dos males do mundo, dos males que se fazem presentes em nossa vizinhança e não se reconhecer neles é um claro sinal de alienação de si e, consequentemente, de tudo.

(13)
Os desejos de onipotência que arrebatam a nossa alma apenas nos revelam o quão grande é nossa impotência frente a vastidão da criação e o quão insignificante somos diante do peso da eternidade que se faz presente em nosso horizonte.

(14)
Procure fazer boas obras; não deixe de ajudar os demais a crescer em espírito e verdade. Porém, antes disso, lembre-se: sacrifica os teus desejos e os teus sonhos de "grandeza".

(15)
Escola, pra ser escola, tem que ser sem partido. Qualquer coisa diferente disso é subterfúgio totalitário pra doutrinar a criançada.

(16)
A consciência é como se fosse um oráculo, digo, é a própria presença da divina Verdade em nós para nos aconselhar e guiar nesse vale de lágrimas se, obviamente, estivermos dispostos a ouvir sua voz.

(*) professor e cronista.

Comentários