A AUSÊNCIA DE NORMA É A REGRA

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(1)
A pedra angular do conhecer é o amor, o auto-sacrifício daquele que aprende em favor do que será aprendido para que esse integre a sua alma.

(2)
O centro da aprendizagem não é o professor, nem no aluno. O centro está no que será ensinado e aprendido. O contrário disso é pura vaidade.

(3)
Tem gente que pediu pra ser inconveniente e deu eco. Tocar-se de suas mancadas e bolas-foras é algo que não é encontrado em seu vocabulário.

(4)
Não espere tornar-se ético para agir corretamente. Procure agir com correção e, tal atitude o tornará uma pessoa digna, prestativa e boa.

(5)
Não queira primeiro ser Santo pra depois agir piedosamente. Esforce-se para agir piamente mesmo não o sendo e, com o tempo, tornam-se um.

(6)
Colabore com a Graça divina e Ela far-se-á abundante em suas obras. Aliás, Ela está em tudo, sempre, nós é que nos recusamos a reconhecê-la.

(7)
Hipócrita! Quem não é? A diferença é que uns envergonham-se de sê-lo e crescem moralmente por isso. Outros são apenas o que são. Hipócritas.

(8)
Não se queixe da vida. Viva-a. Enfrente os desafios no limite de suas limitações, sorria quando for possível e siga sem olhar para trás.

(9)
Todos podem filosofar da mesma forma que todos devem comer. Porém, nem todos podem ser filósofos da mesma forma que nem todos sabem cozinhar.

(10)
A vida humana é drama. Por isso, conhecesse o caráter do protagonista de uma vida de acordo com o modo que ele vive o seu drama pessoal.

(11)
Um sistema educacional que elege a destruição da meritocracia como norte só pode colher frutos putrefazes, dignos duma "pátria educadora".

(12)
Quando duvido e questiono tudo e todos tendo como sólido apenas meus pensamentos, não significa que estou filosofando, mas sim, endoidando.

(*) professor e cronista.

Comentários