Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

RISCOS, RABISCOS E BORRÕES

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) Uma nação civilizada preserva a sua história e a sua memória; o Brasil, em sua barbárie, destrói o seu patrimônio e enxovalha a sua memória.
(2) Nos tempos Imperiais, o Parlamento brasileiro era uma escola de Estadistas; com a República, em especial hoje, apenas uma mesa de negócios.
(3) A República brasileira é uma fraude, a sua proclamação foi um golpe e a sua continuidade um embuste que ilude o povo chamando-o cidadão.
(4) Antigamente todo sujeito batia no peito pra assumir sua culpa; hoje ninguém é tido como bom pra todos sentirem-se livres de suas responsas.
(5) O culto hedonista, a transformação do desejo em fonte de direito e de identidade, é o grande responsável pela degradação moral reinante.
(6) Sem nos tocar, dia após dia, estamos garantindo o nosso lugar na história como a sociedade que não economiza pra ser originalmente ridícula.
(7) As palavras têm o poder dum feitiço nas almas que tem seus pés distanciados do real; elas enfeitam nossas aluc…

ENTRE HERÓIS E BONS-MOÇOS

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) Herói é aquele que faz o que é necessário sem desejar ser glorificado; o faz ciente de que os medíocres acomodados sempre irão condená-lo.
(2) O medíocre incompreende a natureza dum ato heroico porque seu coração é incapaz de reconhecer nada que se apresente acima de sua baixeza.
(3) O herói, por definição, é aquele que se auto-sacrifica pra preservar a integridade de pessoas que, muitas vezes, jamais lhe serão gratas.
(4) Herói é aquele que faz algo, muitas vezes desagradável, por amor ao próximo. O cretino é alguém que faz o que convêm por puro amor próprio.
(5) A coragem abnegada sempre causa desconforto nos pusilânimes porque os humilha, revela a sua frivolidade e estoura o seu bom-mocismo afetado.
(6) Onde há uma alma, digna ou não, fazendo algo pra salvar um inocente, sempre há um punhado de medíocres para condená-la e desmerecê-la.
(7) Os Estatólatras acreditam candidamente que o Estado deve nos garantir tudo, mesmo estando cientes de que suas garantias …

PARAFRASEANDO O VENTO

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) Descartes dizia: penso, logo, existo. Mas ele não precisa primeiro existir pra poder pensar e, inclusive, pra poder ser capaz de dizer isso.
(2) Quando lemos Kant nós estamos tendo contado com o nôumeno de sua obra ou apenas com uma aparência fenomênica de seus pensamentos?
(3) O entendimento que tenho da obra de Kant será a compreensão de seu sistema em si ou apenas um juízo a priori de minha parte?
(4) Se tudo é apenas aparência fenomênica, a obra de Kant, que procura nos revelar a realidade em si, não seria apenas uma aparência fenomênica?
(5) Uma coisa é oposição; outra, bem diferente, é revanchismo ideológico; obstrução do bem do país com as mesquinharias dum partido totalitário.
(6) O caipora que mais ama o PT é o FHC. Basta acontecer algo de mais duro com a sigla que o sociólogo lamenta. Eles se merecem. O Brasil não.
(7) A cultura nacional entrou numa onda que só por Deus. Entretanto, você já parou pra prestar a devida atenção no rumo/turvo de nossa edu…

A AUSÊNCIA DE NORMA É A REGRA

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) A pedra angular do conhecer é o amor, o auto-sacrifício daquele que aprende em favor do que será aprendido para que esse integre a sua alma.
(2) O centro da aprendizagem não é o professor, nem no aluno. O centro está no que será ensinado e aprendido. O contrário disso é pura vaidade.
(3) Tem gente que pediu pra ser inconveniente e deu eco. Tocar-se de suas mancadas e bolas-foras é algo que não é encontrado em seu vocabulário.
(4) Não espere tornar-se ético para agir corretamente. Procure agir com correção e, tal atitude o tornará uma pessoa digna, prestativa e boa.
(5) Não queira primeiro ser Santo pra depois agir piedosamente. Esforce-se para agir piamente mesmo não o sendo e, com o tempo, tornam-se um.
(6) Colabore com a Graça divina e Ela far-se-á abundante em suas obras. Aliás, Ela está em tudo, sempre, nós é que nos recusamos a reconhecê-la.
(7) Hipócrita! Quem não é? A diferença é que uns envergonham-se de sê-lo e crescem moralmente por isso. Outros são a…

É PRECISO QUE SEJA DITO

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) Temer deu a impressão que seria um Macri à brasileira. Ledo engano. Ele, numa semana, revelou ser apenas o vice da Dilma que assumiu. E só.
(2) Brasília deveria ser um grande cassino. Essa é sua vocação. A capital deveria voltar a ser o Rio; o governo tem de estar próximo da pressão.
(3) Duas semanas a fio [de]compondo com a gripe uma sinfonia de rouquidão, espirros, tosses e muita secreção sendo evacuada pelas ventas.
(4) O carniça canhoto quanto mais engajadinho é mais afetadinho se torna; quanto mais amaneiradinho ele se apresenta, mais alienado fica.
(5) Pedagogia do oprimido é, em essência, um manual marxista travestido de inovação em matéria de educação, que a transmuta em reles doutrinação.
(6) Penso às vezes: Deus do Céu! Meus alunos dão-me uma atenção maior do que me é devida; sou abençoado por uma generosidade por mim imerecida.
(7) Dilma está fora, mas os fatos recentes atestam que a hegemonia esquerdista continua a todo vapor. Só não vê isso quem é …

PALAVRA POR PALAVRA

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) Chamam petulantemente de golpista e fascista todos aqueles que ousam levantar a cabeça e a voz contra a sanha totalitária petista.
(2) Sr. PRESIDENTO, quando o povo disse que cansou da petralhada ele não disse que queria ver outra palhaçada. Disse que queria o fim da esbórnia.
(3) Uma atriz disse que vagabundo é quem trabalha oito horas por dia. Pois é. Gente assim é que diz representar a cultura e o povo brasileiro
(4) No início da semana Temer se apresentou como sendo o Tigrão que iria fazer uma baita gestão e, ao final da dita, revelasse um Sr. amarelão.
(5) No momento que Dilma foi afastada, estava eu numa livraria.Para ler e pra não esquecer do dia, comprei o livro AMOR E VIDA de Thomas Merton.
(6) Machado de Assis era um poeta menor? Em relação ao prosador Machado de Assis, sim, ele era. Frente aos demais poetas, de modo algum.
(7) Verdade seja dita: Temer afinou rápido de mais pra patrulha vermelha numa questão miúda. Provavelmente afinará também nas que…

REFLEXÕES EM GOTAS

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) George Orwell escreveu A REVOLUÇÃO DOS BICHOS. Na condição dum reles caipira escrevinhante, penso em escrever, um dia, A ELEIÇÃO DOS ANIMAR.
(2) Santo Agostinho filosofava a partir dum 'eu' historicamente constituído, que se torna ciente de si por tornar-se consciente de sua pecaminosa condição. Descartes, por sua deixa, filosofava a partir dum 'eu' abstrato, racionalizado, que aliena-nos do nosso eu histórico por acreditar que seu 'eu' pensante hipotético seria a única certeza inabalável da realidade.
(3) Santo Agostinho afirmava que tomamos ciência de sua existência na medida em que tomamos consciência de nossos enganos, de nossos pecados. Descartes, por sua deixa, tinha certeza de sua existência por crer que a abstração de seus pensamentos seriam o fundamento de sua existência.
(4) Se me engano, existo; se existo, penso e, por isso, me engano, porque existo.
(5) Quando o caipora quer resolver os problemas políticos/sociais de seu …

[áudio] PROGRAMA AVE MARIA, 19 de maio de 2016.

Apresentação: Dartagnan da Silva Zanela

NOTAS, ANOTAÇÕEZINHAS E BORRÕES

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) Nós não somos mal educados não senhor; apenas nos recusamos a ser subservientes. Só isso. Se vier com asneiras pedantes leva patada mesmo.
(2) A esquerda é assim: quer o monopólio do discurso, do paternalismo, do assistencialismo e a exclusividade no mimimi - engajado, é claro.
(3) CPMF no do povo é refresco pra incompetência petralha; agora cortes nos gastos dispendiosos do Estadossauro ardem nos olhos da canalhada.
(4) Um sistema educacional que estreita a visão, o horizonte do indivíduo, amesquinhando-o ao invés de dignificá-lo, é pedagogice, não educação.
(5) Todo caipora que quer parecer muito limpinho não passa de um canalha afetado, um carentão que precisa desesperadamente dos afagos da multidão para que seu ego não desespere, não tome consciência de sua patética condição.
(6) Humilhar um canalha é um ato de misericórdia. Sim, um gesto de piedade para com o biltre e, principalmente, para com todos aqueles que o idolatram. Infelizmente, essa é a única f…

O ÓBOLO DA VIÚVA

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)
(1) É só no Brasil mesmo que organizações não governamentais vivem faceiras da vida de verbas governamentais.
(2) Em breve teremos uma multidão marchando pelas ruas. Uma nova vanguarda “social” despontará. O MSTE – Movimento dos sem teta estatal.
(3) Por que muitas pessoas acham lindo serem usurpadas tributariamente pelo Estadossauro? Talvez, penso eu, porque para muitos o problema não é ser afanado compulsoriamente, mas sim, reconhecer o fato. Como o assalto estatal tem outro nome, e é dito que o mesmo é feito em nome duma boa causa, muitas pessoas não dão muita pelota para o ocorrido. Na verdade, essas almas agem de modo similar ao corno que não se importa muito em ser traído por sua amada desde que ele não fique sabendo o que está sendo feito, como direi, pelas suas costas. Se ele for feito de bobo, fica tudo limpo.
(4) A arena política deve ser, penso eu, avaliada ao menos em dois planos: um de curto prazo e outro de longo prazo. Quem ignora o segundo, da…