UMA SEMANA MUI QUENTE

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(1)
Quando o Estado quer impor valores contrários aos da família, isso não é democracia não; é totalitarismo do mais sem vergonha.

(2)
A liberdade de ensino do professor é limitada pela liberdade da família para educar seu filho. Abusar disso é canalhice ideológica. Ponto.

(3)
Vamos ver como vai ser a reação da galerinha da mortadela democrática nesses dias que virão; vamos ver até onde vai a tolerância deles.

(4)
Os Estadistas primam pela responsabilidade; os políticos profissionais à brasileira zelam pelo contrário para o seu bem e dos seus pares.

(5)
Rui Barbosa dizia e nossa história recente atesta: o presidencialismo é o regime da irresponsabilidade onde a canalhada livremente viceja.

(6)
Para intelectuaria canhota, direita legítima é aquela que pede licença para esquerda pra poder concordar com ela. Se for combativa é golpe.

(7)
Para esquerdopatas uma oposição apenas é legítima se consentir em legitimar o projeto criminoso de poder canhoto. Se não for assim é golpe.

(8)
Os esquerdopatas consideram fascistas todos aqueles que denunciam as mentiras, falcatruas e tretas esquerdistas.

(9)
Todo mundo sabe que Dilma foi eleita e que fez o diabo pra isso, mas isso não significa que ela pode continuar fazendo o dianho com o Brasil.

(10)
Em história não existe coincidências ou acasos. Os fatos podem parecer desconexos e sem sentido para nossa douta ignorância, mas não são.

(11)
Só pra constar: a votação do impeachment da Comandanta não contará com a atuação da Smartmatic. E aí, como será?

(*) professor e cronista.

Site: http://dartagnanzanela.webcindario.com/

Comentários