REFLEXÕES NUM DIA ACALORADO

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(1)
Não vai ter golpe. Vai ter liberdade, mesmo que tardia. É o começo do fim do projeto totalitário petista e do Foro de São Paulo [comunista].

(2)
Cinquenta quatro milhões e tantos votos não autorizam um partido a descaradamente avacalhar com a cambaleante democracia brasileira.

(3)
Poder que não reconhece limite algum, que dispensa o fardo da responsabilidade, não aspira à democracia não. É poder que anseia por tirania.

(4)
Golpe sem vergonha é chamar impeachment de golpe. Um atentado contra o bom senso, um insulto contra a inteligência, um subterfúgio mequetrefe.

(5)
Somente uma alma ideologicamente tacanha é incapaz de não ver o absurdo que esse governo é e o mal que ele está fazendo para toda a nação.

(6)
A canalhada sempre diz que não há evidências para enquadrá-lo, como também sempre há uma multidão de inocentes para acreditar nesse trelelê.

(7)
Diga o que quiser para quem desejar, mas não espere que todos o compreendam, aceitem ou que lhe deem atenção que você tanto almeja.

(8)
Você pode ter a opinião que quiser da mesma forma que todos têm o direito de ignorá-la, se assim desejarem. Isso é liberdade de expressão.

(9)
O "X" da questão não é a corrupção. A grande questão é o projeto totalitário do Foro de São Paulo que está dissolvendo a nossa triste nação.

(10)
Corrupção é um mal, sim senhor. Mas quando se torna um instrumento para realização da sanha totalitária duma facção, ela se torna uma praga.

(11)
Ignorar o perigo que o Foro de São Paulo representa para o futuro do Brasil é o mesmo que querer tratar um câncer com uma aspirina.

(12)
Você não sabe o que é o tal do famigerado Foro de São Paulo? Então procure saber. Conhecer isso não lhe fará bem, mas é necessário conhecê-lo.

(13)
Diploma não é garantia de sabedoria; porém, abona o indivíduo com presunção suficiente pra se colocar acima da razão com chavões ocos.

(14)
A afobação em responder a tudo e a todos nos faz cometer inconveniências nada originais. Nada originais mesmo.

(15)
Totalitarismo é corrupção em estado bruto. Onde o poder singra por essa via, a corrupção torna-se total e silenciosamente assassina.

(16)
Foro de São Paulo - procure saber o que é. Foro de SP - não ignore o que ele está a fazer. Foro de SP – não desdenhe o que ele quer realizar.

(17)
Gente inconveniente, ideologicamente desorientada, é assim: segue em frente dizendo o quer, vendo o que lhe convêm e ignorando todo o resto.

(18)
A política é a arte do possível. O caminho da perfeição e da pureza chame-se santidade. Confundir uma coisa com outra é pura pilantragem.

(19)
Tem gente que consegue ser mais chata que um chinelo de dedo velho arrumado com um prego enferrujado.

(20)
Ouvir um deputado justificar o seu voto positivo para o impeachment de Dilma citando Olavo de Carvalho não tem preço.

(21)
Enfatizar unicamente a hipocrisia do Congresso ignorando os malfeitos do partido limpinho da ética é a forma mais decantada de hipocrisia.

(22)
Não temos o voto distrital, infelizmente. Porém a sociedade civil está aprendendo a usar o eco das ruas e a pressão política digital.

(23)
O culto histérico a personalidades psicopáticas é típica de almas atomizadas, sorumbáticas, desprovidas de valor e profundidade.

(24)
Dep. Hipotéticus: "contra o mau uso da mortadela, contra o culto da mandioca, contra o vento estocado, contra a mulher sapiens eu voto sim".

(25)
Respeito o seu direito de dizer às sandices que bem entender; mas, por obséquio, seja bacana e me poupe de ter que ouvi-lo. É demais pra mim.

(26)
Depois de mais de um ano de pressão, enfim a tão esperada votação.

(*) professor e cronista.

Comentários