REFLETINDO SOBRE O MIMIMI ENGAJADO

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(1)
A realidade e a alma compõem-se de tensões e contradições. Articulá-las a partir de princípios é viver. Revoltar-se, um mero sinal impotência.

(2)
Você não inventou a realidade e ela não te determina. Você atua na realidade, e a partir dela, ao mesmo tempo em que ela te influencia.

(3)
MST, 13 anos com o governo do PT. Nesse tempo, fizeram o que pela reforma agrária? Pois é. Fizeram o que pra defender o PT no poder? Pois é.

(4)
E eu que estava esperando um panelaço histórico junto com o pronunciamento patético da comandanta. Que decepção! Melaram com minha diversão.

(5)
Tem gente que se forma em revoltadismo, que se diploma em mimimi engajado e acredita que essa deformação ideológica é o bicho da goiaba.

(6)
Há pessoas que podem ser persuadidas verbalmente da realidade dos fatos. Outras apenas são convencidas se a realidade for ao seu encontro.

(7)
Em 13 anos o Brasil viu-se dissolvido; estamos sendo reduzidos a guetos pra mais fácil manutenção do projeto totalitário que avilta a nação.

(8)
Ignorar a própria ignorância, desdenhar a nossa impotência frente certas situações tornou-se sinônimo de sapiência. Ignóbil sapiência.

(9)
Não quero minha nação quebrada; não mais quero ver meu país partido. Quero meu Brasil coroado, liberto da peçonha partidarista totalitária.

(10)
Não tenho partido, nem convicções ideológicas. Tenho, em meu coração, princípios inegociáveis, que dão sentido a vida e fundam a realidade.

(11)
Uma irascível convicção ideológica não é sinal de consciência política; é sintoma grave duma evidente de falta de caráter.

(12)
Toda pessoa imoral disfarça sua carência com um apego histérico a uma ideologia patética que lhe dê uma vaga sensação de superioridade ética.

(*) professor e cronista.

Comentários