O DIA EM QUE O CALDO IRÁ FERVER

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(1)
Dia 17 será um dia tenso até mesmo para quem diz viver sentado no alto do muro da imparcialidade.

(2)
Sem entrar nos deméritos da comandanta em exercício, mas, sua presença, por si só, junto à presidência é um mal; quem o diga as suas ideias.

(3)
Um Ministro pergunta no Roda Viva: "o senhor não confia na Suprema corte do Brasil?" Em minha caipirice, retrucaria: há motivos para tanto?

(4)
Deputado indeciso é frescuragem mermão, a verdade é que eles são ponta de estoque da corrupção em liquidação. Troca-se um por um favorzão.

(5)
Não apenas a (des)governança petista é uma tragédia. As premissas ideológicas dessa tigrada são um crime, um atentado contra a razoabilidade.

(6)
Sábado à noite, não sou eu que vivo, é o vinho que vive em mim.

(7)
Quer dizer que o porteiro do prédio do triplex dos amigos do Lula, que depôs sobre o caso, foi despedido? É. Vale tudo contra o tal golpe.

(8)
H1N1? Não tenho medo de gripe. Temo, sim, pelo que a Comandanta e a trupe da mandioca poderão fazer pra perpetuar o seu projeto de poder.

(9)
A verdade está no vinho; no vinho está a verdade.

(10)
Psicopatas jamais colocam a pátria acima de seus interesses e de seu projeto criminoso de poder. Pra eles vale tudo, até destruir o Brasil.

(11)
Levo muito a sério as ameaças do projeto criminoso de poder que nos governa, porém, vendo a fuça de seus protagonistas, não consigo parar de rir.

(12)
CUT sempre foi um dos tentáculos do PT. Os sindicatos ligados a ela, reles serviçais desse pacutia rubro-ideológica. Só não vê quem não quer.

(13)
Sim, há corrupção em todos os cantos, porém, somente os canalhas que se beneficiam com ela usam isso como desculpa para esquivar-se da verdade.

(14)
Maquiagem ajuda a ficar bonitinha (plástica também) feito Barbie, mas não muda o caráter de ordinária defensora duma pacutia totalitária.

(15)
Foto de perfil facebook é igual propaganda eleitoral petista: na melhor das hipóteses, apenas uma ilusão; na pior, pura e simples enganação.

(16)
O mal sempre nos tenta. Algumas vezes de modo escancarado; noutras discretamente, mas sempre pra perdição de nosso bem mais precioso: a alma.

(17)
Dilma e Temer! Essa dupla não dá sertanejo, nem samba, nem pagode. Só dá "M". E uma "M" federal.

(*) professor e cronista.

Comentários