CANSADO, BEM CANSADO...

Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(1)
A história republicana brazuca é uma sucessão de golpes, a começar pela proclamação. Depois disso, tivemos uma treta seguida de outra.

(2)
Impeachment é golpe? Depende. Se for apenas por irresponsabilidade, sem tocar no Foro de São Paulo, é golpe. Um golpe contra a sociedade.

(3)
Destronar Dilma sem tocar no assunto Foro de São Paulo seria similar a processar Pablo Escobar por sonegação fiscal.

(4)
Um ódio comum reúne muitos corações para destruir e regozijar-se juntos e, logo depois, todos arrependem-se sozinhos cada um no seu canto.

(5)
Hoje, mais do que nunca, o povo brasileiro sabe o que quer, porém, infelizmente, não tem meios, nem canais, para realizar a sua vontade.

(6)
O brasileiro vem esforçando-se para tornar-se um povo vigoroso, porém, seus lideres não chegam nem a ser uma vergonha. Estão abaixo disso.

(7)
Os bajuladores dos usurpadores da nação vivem falando do povo, mas não sabem quem é o tal do povo e ignoram seus reais anseios de temores.

(8)
Nada é mais cínico que uma capitã desvairada dizer pra todos que o navio não está naufragando ao mesmo tempo em que a nau faz muita água.

(9)
Cristão que enche a boca pra dizer, junto com Marx, que a religião é o ópio do povo, é um escândalo de estupidez diabólica.

(10)
Cristão que defende governos marxistas, das duas uma: ou o carniça não conhece o Evangelho, ou ignora o que seja, de fato, o marxismo.

(11)
Quando os formadores de opinião não sabem o que dizer é porque está mais do que na hora do povo tomar a palavra e fazer a sua voz valer.

(12)
Alma vulgar reunida com os seus age feito cadela no cio numa alcateia embasbacada em meio a seus gritos, ganidos e gargalhadas histéricas.

(13)
Uma pessoa sem sentimento de culpa é um monstro que disfarça sua crueldade repetindo patéticos trejeitos politicamente corretos.

(14)
Alma podre de mimada, nula e putrefaz, ri de tudo e sem parar pra não correr o risco de cair em si e flagrar-se em sua total imbecilidade.

(15)
Amar é compartilhar a culpa pelo mal que fazemos uns aos outros. Cegar-se de ódio é projetar nossa culpa para calar a nossa consciência.

(16)
A vingança não precisa de razões. Nisso reside todo o seu veneno que tão profundamente corrompe a alma humana.

(*) professor e cronista.

Comentários