QUASE UM SONETO PARA HELENA

[aniversário da minha filhota]
Por Dartagnan da Silva Zanela,
em 14 de março de 2014.

No décimo quarto raiar de março
Da décima segunda valsa solar
Do Paço do terceiro milênio
Nasceu um amoroso solzinho.
Helena é a graça da estrela
Que alumia-nos com seu riso
E com seu jeitinho todo travesso
Revela-nos a sua realeza.
E ela caminha, corre e pula
Feito fadinha em dia de chuva
Fantasiada de flor no jardim
E agitando seu cabelinho pixaim
Ela dança, canta e baila
Fazendo a vida, e o dia, sorrir.

Comentários