Senadores são os únicos brasileiros isentos de arcar com despesas imprevistas