Em exposição, a decadência britânica

Por Theodore Dalrymple


A longa experiência de impunidade ensinou aos desordeiros que eles nada têm a temer da lei, que na Inglaterra se tornou comicamente frouxa — exceto para as vítimas de crimes. Para os revoltosos, o crime se tornou a configuração padrão de seu comportamento; o que é de surpreender nesses tumultos não e que tenham ocorrido, mas que não tenhan ocorrido antes, e não se tornaram um problema crônico. [leia mais]

Comentários