Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

[pdf] DE COITADINHOS A CIDADÃOS COITADOS

DE COITADINHOS A CIDADÃOS COITADOS

Escrevinhação n. 895, redigido em 15 de junho de 2011, dia de São Vito.
Por Dartagnan da Silva Zanela
Nada mais impróprio em um adulto do que a auto-piedade. Se isso é feio em um infante, numa pessoa tida como madura chega ser não apenas feio, mas ao mesmo tempo ridículo a assustador.
Reparem como essa fraqueza se alastra na sociedade contemporânea. Sem dúvida que esse mau se alastra a partir de figuras públicas como, por exemplo, o ex-presidente da república, o supremo, que ao fim de sua governança ficava choramingando que ele teria apanhado, da opinião publicada, tanto quanto nosso Senhor Jesus Cristo. Tal afirmação, exemplar, retrata claramente o ar psicótico que toma conta dessa diminuta alma que não reconhece a gentileza servil com que a mídia o tratou – blindando-o – e finge desconhecer o que o Verbo Divino encarnado suportou em silêncio por nós e por ele, diga-se de passagem.
Descendo a escala e volvendo nossos olhos no cotidiano, perceberemos que, todo santo dia, exemplos similare…

PROGRAMA AVE MARIA, 23 de junho de 2011.

Imagem
O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h20. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

30 anos de publicação do livro IGREJA, CARISMA E PODER

Imagem

COMENTÁRIOS RADIOFÔNICOS

Imagem
Comentários proferidos por Dartagnan Zanela - nos dias 20, 21 e 22 de junho - no programa CONVERSA AO PÉ DO RÁDIO que é transmitido pela Rádio Cultura AM/FM de Guarapuava.
O CULTO INDEVIDO À IGUALDADE - parte I


O CULTO INDEVIDO À IGUALDADE - parte II


O CULTO INDEVIDO À IGUALDADE - parte III

[pdf] LIBERTANDO OS ENJAULADOS ENJAULANDO-OS

LIBERTANDO OS ENJAULADOS ENJAULANDO-OS

Escrevinhação n. 894, redigido em 14 de junho de 2011, dia da Bem-aventurada Iolanda da Polônia.
Por Dartagnan da Silva Zanela

O amigo leitor já assistiu ao filme Enjaulados? Então não perca tempo e dê um jeito de encontrá-lo e assista. Este é um dos poucos trabalhos, se não for o único, do cineasta Andy Anderson lançado em 1998. O filme o versa sobre os dilemas enfrentados dentro sistema educacional contemporâneo que confia tolamente em uma hipotética benevolência infusa da juventude, fechando as vistas para a torpeza que toma conta de suas almas e que faz-se refletir em seus atos.
O filme em questão narra o drama de um professor substituto que se vê agrilhoado pelo sistema que faz das tripas coração para impedi-lo de transfigurar aqueles jovens monstrinhos em seres dignos, prestativos e bons. Todavia, não podia ele nem mesmo desaprovar as atitudes torpes destes, pois, segundo o entendimento da direção do colégio, dos advogados, dos pais e da Dona Norma (a pedagoga) ele estaria ferindo …

PRELEÇÕES RADIOFÔNICAS

Imagem
Comentários proferidos por Dartagnan Zanela - nos dias 16 e 17 de junho - no programa CONVERSA AO PÉ DO RÁDIO que é transmitido pela Rádio Cultura AM/FM de Guarapuava.
JESUS CRISTO É O SENHOR DO MEU CORAÇÃO


CONHECER-SE

COLÓQUIOS RADIOFÔNICOS

Imagem
Comentários proferidos por Dartagnan Zanela - nos dias 13, 14 e 15 de junho - no programa CONVERSA AO PÉ DO RÁDIO que é transmitido pela Rádio Cultura AM/FM de Guarapuava.
QUEM É O SENHOR?


A RAZÃO DE SERMOS E ESTARMOS...


A ALMA E O AÇO

COMENTÁRIOS RADIOFÔNICOS

Imagem
Comentários proferidos por Dartagnan Zanela - nos dias 09 e 10 de junho - no programa CONVERSA AO PÉ DO RÁDIO que é transmitido pela Rádio Cultura AM/FM de Guarapuava.

CRISTO É A VERDADE


SOBRE O CATECISMO

[pdf] DAS CHAGAS DA ALMA EMBEVECIDA DE SI

DAS CHAGAS DA ALMA EMBEVECIDA DE SI

Escrevinhação n. 893, redigido em 13 de junho de 2011, dia de Santo Antônio de Pádua.
Por Dartagnan da Silva Zanela
Reconhecemos com uma relativa facilidade os sintomas de uma enfermidade que aflige nossa carne como a anemia, por exemplo. Saltam as nossas vistas os sinais que denunciam essa carência em nosso organismo. Todavia, nossas vistas não são assim tão atentas para as carências que afetam a alma.
A analogia com a anemia faz-se muitíssimo apropriada. Sim, o ferro é de basilar importância para que possamos empreender nossas atividades diuturnas, do mesmo modo que a virtude da sinceridade o é para a sanidade da alma nas tarefas que empreendemos, principalmente as que se fiam pelas veredas do conhecer.
No que tange especificamente na seara do educar, com clareza visualizamos os problemas de ordem material, entretanto, além disso, o que vemos? Isso mesmo, a anemia material do sistema educacional salta à vista, mas pouca atenção volta-se para o mortiço estado que se encontra a alma do ed…

ALGUNS COMENTÁRIOS RADIOFÔNICOS

Imagem
Comentários proferidos por Dartagnan Zanela - nos dias 06, 07 e 08 de junho - no programa CONVERSA AO PÉ DO RÁDIO que é transmitido pela Rádio Cultura AM/FM de Guarapuava.

AMAR AO GOSTO DO MUNDO


ENTRE O AMOR PRÓPRIO E O AMOR À DEUS


A GRANDE MÍDIA E A VERDADE

PROGRAMA AVE MARIA, 09 de junho de 2011

Imagem
O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h20. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

[pdf] NOTAS SOBRE A CRISE DA CIVILIZAÇÃO

NOTAS SOBRE A CRISE DA CIVILIZAÇÃO

Escrevinhação n. 891, redigido em 30 de maio de 2011, dia de Santa Joana D’Arc, São Fernando III e São José Marello.
Por Dartagnan da Silva Zanela.

O esforço da meditação, da procura pela compreensão, costuma remunerar generosamente aqueles que o empreendem com coragem. Assim nos ensina essa hercúlea alma que é o Pe. Leonel Franca S. J., em seu livro A Crise do Mundo Moderno (1951). Neste sentido, convidamos o amigo leitor a caminhar conosco por esta via que tem por intento meditar sobre algumas questões que julgamos fundamentais para compreensão do trágico cenário em que nos encontramos.
O mesmo padre nos chama a atenção, na obra citada, para a gravidade da situação que não tem, naturalmente, implicações meramente imediatas e ocasionais. Os problemas que hoje assolam nossa civilização são advindos do fato destes estarem fundando nossa vida em princípios e valores equivocados. São sob valores e princípios que nós temos o nortear de nossas ações. Mesmo que os desprezemos são eles que fund…

[pdf] PROMETEU CHORA E O POVO ACHA GRAÇA

PROMETEU CHORA E O POVO ACHA GRAÇA

Escrevinhação n. 892, redigido em 07 de junho de 2011, dia de Santo Antônio Maria Gianelli.
Por Dartagnan da Silva Zanela

O filosofar é uma atividade inevitável e quem afirma abominar tal empreitada, sem o saber já se encontra a trilhar pelas vias abertas junto aos umbrais de Delfos, porém, pela mais vil e estúpida das vias abertas a par deste augusto templo.
Sim, negar-se a conhecer-se a si mesmo é um legítimo atestado de estultice orgulhosa cultivada em meio aos campos da vaidade e nada mais. Entretanto, a idolatria do filosofar também é algo temeroso. Aliás, idolatria essa que se faz reinante nos hodiernos dias.
Uma coisa, meu caro Horácio, é o filosofar, outra bem distinta é o culto desmedido feito à palavra filosofia e desta disciplina mal formatada que leva esse nome e que ocupa um significativo espaço dentro do sistema educacional. Como todo idolatrar, este acaba por confundir a representação com o representado, atribuindo a esse uma força desmedida que acaba por, retroativamente, …

PROGRAMA AVE MARIA, 02 de junho de 2011

Imagem
O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h20. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.


[pdf] REPENSANDO O REPETIDO E O IMPENSADO

REPENSANDO O REPETIDO E O IMPENSADO

Escrevinhação n. 890, redigido em 30 de maio de 2011, dia de Santa Joana D’Arc, São Fernando III e São José Marello.
Por Dartagnan da Silva Zanela.


Desde muito Platão nos ensina que o primeiro na ordem do conhecer é o último na ordem de Ser. Uma afirmação simples que, em sua singeleza, nos convida a mediar sobre um problema capital. Problema esse, sumamente desdenhado, que versa sobre o ser das coisas conhecidas por nós e o que realmente conhecemos destas.
É muito comum vermos pessoas, tomadas pela pestilência do relativismo, afirmarem que todas as culturas têm o mesmo valor, visto que, estas corresponderiam a um contexto humano específico que demandava uma resposta humana singular. Para reafirmar tal visão pré-concebida, as almas sebosas recorrem ao expediente das percepções que muitas pessoas podem ter de um mesmo objeto, de um mesmo fato, de um mesmo fenômeno e, a partir desta multiplicidade de percepções, ao mesmo tempo diversa e contraditória, concluem que não existe a tal da Verdad…