A ALEGRIA DOS DIAS

Por Dartagnan da Silva Zanela

Oh! Poema velho!
Escrito, sem ser dito,
Em velho papel,
Amarelado
Pelos cair dos dias
Que nos sorriem
Com sóbria alegria...
Ao ver as marcas
Deixadas
Pelo seu toque
Em nossa face
Envelhecida
Com o versar
Do verso
Que não foi escrito
E nem dito.

Em 01 de fevereiro de 2011,
dia de Santa Veridiana.

Comentários