DA REALIDADE DO LOGOS

Por Dartagnan da Silva Zanela,
em 14 de fevereiro de 2010.

Chama a atenção do ouvir, as palavras,
E que os ouvidos alertem a vista,
Para que percebam o objeto e suas pistas,
Pistas deixadas, aludidas,
Pelas palavras ditas, benditas ou malditas,
Que em todos os cantos e esquinas são repetidas,
Para que a alma as ouça e, prevenida,
Possa através do Logos, luz divina,
Ver, perceber e viver na realidade bendita,
Que muitas vezes, línguas malditas,
Movem mundos para ocultar e nos desviar sem finta,
A abençoada realidade que nos completa, ilumina,
Que nos completa e habita.

Comentários