Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

Programa Ave Maria, 26 de novembro de 2009

O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h15. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

Programa Ave Maria, 12 de novembro de 2009

O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h15. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte XI

Escrevinhação n. 793, redigida em 24 de novembro de 2009, dia de Santo André Dung-Lac e companheiros.


Por Dartagnan da Silva Zanela

"A insensatez é sem dúvida irmã da malvadeza".
(Sófocles)

- - - - - - - + - - - - - - -

Mistérios Dolorosos. Primeiro mistério: A agonia mortal de Nosso Senhor Jesus Cristo no horto das Oliveiras (Mt XXVI, 36-56). Ao dedilhar o Terço, que ensinamentos nos vêm à alma no que se refere a esse mistério? De que modo as águas desse mistério nos lava as chagas de nossas dúvidas que emanam em nosso caminhar por esse vale de lágrimas? Como sempre, muito mais do que esse reles missivista é capaz de escrevinhar.

Para começo de prosa, devemos, penso eu, refletirmos quanto ao significado da dor. Por que sofremos? Por que muitas vezes nossa alma se vê tomada pela agonia? A resposta é simples: para que sejamos fortalecidos. Tão só e simplesmente isso. Aquele que É, em Sua infinita misericórdia, sabe claramente qual é a tempera de nossa alma e, por sua deixa, sabe pe…

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte X

Escrevinhação 792, redigido em 17 de novembro de 2009, dia de Santa Izabel da Hungria e São Roque Gonzáles.Por Dartagnan da Silva Zanela"A misericórdia de Deus será sempre maior que a tua ingratidão".(Santo Padre Pio de Pietrelcina)- - - - - - - + - - - - - - - “Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que tinha chegado a hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até a consumação”. (Jo XIII, 1) Eis o quinto mistério luminoso, a instituição da Eucaristia. O que podemos escrever sobre esse mistério? Tamanha é a profusão de ensinos de luz que esse mistério engendra em nossa alma que fica difícil focar as vistas de nosso coração em apenas um dos feixes de luz que emana de sua letra Viva.
Todavia, há um luzir central nesse mistério que dá unidade ao seu brilho divinal, que é o amor. Essa abençoada palavra, presente neste mistério, não tem o mesmo significado da palavra “amor” que é repetida excessivamente por nossos lábios, pelas laud…

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte IX

Escrevinhação n. 791, redigida em 10 de novembro de 2009, dia de São Leão Magno e Santo André Avelino.Por Dartagnan da Silva Zanela"A alma cristã deve fugir dos aplausos dos homens". (Santo Padre Pio de Pietrelcina)- - - - - - - + - - - - - - -A Transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo no Monte Tabor (Lc IX, 35). O quarto mistério luminoso. No alto do referido monte Cristo transfigura a sua forma humana em esplendor divino para São Pedro, São Tiago e São João. E, neste momento, surge em meio à luz a figura dos Profetas Moisés e Elias a conversar com Nosso Senhor sobre o que haveria de ocorrer com Ele. Dito isso, vamos diretamente a primeira questão que nos ocorre: por que num monte? Essa transfiguração não poderia ter ocorrido em uma planície ou em um vale? Por que em um monte? Na simbologia tradicional, as montanhas e montes são sempre apresentados como a morada da Divindade. Vale lembrar que o Cristo, passava muitos momentos junto de montes. Os mais especiais, destes, q…

MORRER PARA VIVER

Por Dartagnan da Silva Zanela A morte é um dos temas fundamentais para se compreender o sentido da vida. Todos os homens que dedicaram a sua vida à filosofia, à procura sincera e abnegada pela Sabedoria, em grossos traços, nos ensinam que a morte é o atestado de conclusão da obra humana que será apresentada diante da Eternidade. Ou seja: existir é simplesmente um preparar-se para a vida e a morte apenas a consumação dos preparativos feitos durante a existência para esse renascimento espiritual. Por essa razão que Platão nos ensina que a vida deve ser norteada pela procura do Sumo Bem e não pelos chulos e parvos “bens” que infectam a cabeça do homem moderno, inclusive dos filósofos de meia-pataca, que não são poucos e se fazem tão presentes e falantes no teatro de sombras e pó da sociedade hodierna.Pax et bonumSite: www.dartagnanzanela.k6.com.br

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte VIII

Escrevinhação n. 790, redigida em 03 de novembro de 2009, dia de São Martinho de Porres e de São Humberto de Liège, 31ª Semana do Tempo Comum.
Por Dartagnan da Silva Zanela
- - - - - - - + - - - - - - -

A proclamação do Reino de Deus (Mc I, 15). Eis o terceiro Mistério Luminoso do Santo Rosário ao qual, todo aquele que deseja, sinceramente, permitir que os átrios de sua alma sejam realmente clareados, deveria entregar francamente se entregar à sua meditação e assim desvendar no âmago de seu ser as luzes que lhe foram confiadas no ato de sua criação e bem como as sombras que dia à dia vão se assenhorando de sua alma devido a frugalidade de nosso olhar viciado pelas miudezas prometidas pela sociedade moderna com ares de glória, de vanglória.
"Completou-se o tempo. Chegou o reino de Deus. Convertei-vos e crede no Evangelho". Assim, com essas palavras Nosso Senhor anunciava a Boa Nova por onde os seus pés o levavam. Para refletir sobre esse Mistério, permita-nos iniciar pela última …

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte VII

Escrevinhação n. 789, redigida em 26 de outubro de 2009, dia de Santo Evaristo, 30ª Semana do Tempo Comum.Por Dartagnan da Silva Zanela
"Só é possível transformar-se na medida em que já se é". (Novalis)- - - - - - - + - - - - - - -Como luz é que mais a alma do homem moderno necessita, reflitamos brevemente através destas simplórias linhas sobre o segundo Mistério Luminoso do Santo Rosário, o mistério das Bodas de Canaã (Jo II; 1-12). Três dias após ter escolhido os primeiros discípulos (Jo I; 35-51), Jesus parte para Canaã, para a terra prometida. Logo no início nos chama a atenção à relação do tempo de três dias para que o Cristo abra caminho pelos seus passos para Canaã. No caso, nessa passagem se antevê a Canaã Celeste que ele apresenta a todos nós após três dias de sua Crucificação, pois, a sua vida, paixão, morte e ressurreição é o caminho para as suas Promessas.Lá chegando a sua mãe, a Santíssima Virgem, informa-lhe que o vinho da festa findara e pede que ele tome provi…