REFLEXÕES BLÓGICAS – XXI

Algo literalmente incompreensível para a média geral da sociedade brasileira é o amor pelo conhecimento, o amor para com a procura pela Verdade. Em regra, a maioria das pessoas procura cursar qualquer curso não por uma motivação interior que as guie por essa ou aquela vereda. Na maioria das vezes o que nos move a estudar algo é tão só uma reles motivação externa ligada diretamente a sua auto-preservação o que, de certa forma, é normal. O que não é normal é sobrepor essa segunda motivação sobre a primeira e tratar essa como inexistente e mesmo pacóvia. Desse modo, os estudos, nas suas mais variadas formas de encaminhamento, se reduzem a um caminho miúdo para os sabujos bípedes conseguirem garantir a sua lambida no osso da sobrevivência e nada mais. Agora, procurar dedicar a sua vida a vereda da compreensão da Verdade, isso é algo para quem procura uma existência superior a de um tatu-bola o que, por sua deixa, é algo que a média geral dos indivíduos, não quer saber de ouvir falar. Mas, por quê?
Dartagnan da Silva Zanela,
em 28 de junho de 2009.

Comentários