REFLEXÕES BLÓGICAS – XIX


Nesta sexta-feira um aluno solicitou uma orientação quanto a um trabalho que ele iria apresentar em um evento e em meio a nossa conversa tocamos no assunto que versa sobre o estado em que se encontra o ensino em nosso país. O garoto me confidenciou que um de seus professores havia afirmado que tudo é arte, que até mesmo um estupro teria o seu valor estético, que teria a sua beleza artística. Ora raios, depois essa tigrada não sabe porque a educação está desse jeito. Por causa de dementes como esse que ocupam uma cadeira em uma Universidade que a educação se converteu em um anti-horizonte. Putz grila! E o pior de tudo é que um elemento como esse é respeitado como sendo uma pessoa descente e de moral ilibada com direito a todos os não me toques possíveis. Assim o é devido à total imoralidade de nossa sociedade que chama pessoas como esse senhor de “educador”.

Dartagnan da Silva Zanela,
em 14 de junho de 2009.

Comentários