REFLEXÕES BLÓGICAS – XIV

O cinismo da sociedade é algo que deveria assombrar todas as pessoas decentes dessa Época. Entretanto, infelizmente, para a média geral da população, toda a atmosfera putrefaz que paira sobre nós é aceitável e mesmo normal devido ao nosso entendimento do que seja a normalidade da existência humana. Acostumamo-nos a julgar a dignidade do existir humano fazendo uso de uma medida ínfima do que seja o ser humano. Por vermos apenas a nossa volta exemplos de pessoas medíocres a nos governar ou posando de guias espirituais e/ou intelectuais passamos a crer que o ser humano é assim mesmo e, por essa razão, nos tornamos incapazes de sermos seres grandiosos tal como Deus quer que sejamos e esse problema nasce e cresce em nossa alma devido aos modelos de humanos que utilizamos para medir a nossa vida e nossa dignidade. Por isso, se fosse dar um conselho, daria apenas um: leia as biografias dos Santos, medite sobre os ensinamentos dos místicos e sábios, tome conhecimento do que há de mais digno em meio ao gênero humano para que possa medir a sua pessoa a partir do que é possível um ser humano se tornar. Não meramente adotar como medida o que se apresenta na frente de nossas vistas que, em regra, é o que há de pior. Um gesto simples como esse pode mudar, consideravelmente, a nossa visão da vida humana e, em especial, da nossa própria vida.

Dartagnan da Silva Zanela,
em 18 de maio de 2009.

Comentários