Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

O HINDUÍSMO - THE HINDUISM [em português]

APRENDER QUEM SOMOS - parte II

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela no dia 20 de maio de 2009 para o Programa Boas Notícias.
Dartagnan da Silva Zanela - APRENDER QUEM SOMOS - parte II

APRENDER QUEM SOMOS

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela no dia 27 de maio de 2009 para o programa BOAS NOTÍCIAS.
Dartagnan da Silva Zanela - APRENDER QUEM SOMOS

A TEORIA DOS QUATRO DISCURSOS

Estamos disponibilizando o áudio da aula sobre A TEORIA DOS QUATRO DISCURSOS que foi ministrada pelo Prof. Dr. Luiz Vergílio Dalla-Rosa no dia 30 de maio de 2009. Para quem realmente ama, com sinceridade, o conhecimento, essa aula é imperdível. Áudio das aulas: Parte I - Parte II

OFENSIVA ÍNTIMA - em pdf

MISERICÓRDIA

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela no dia 26 de maio de 2009 para o programa BOAS NOTÍCIAS.
Dartagnan da Silva Zanela - MISERICÓRDIA

REFLEXÕES BLÓGICAS – XVII

Vivemos em uma sociedade que se encontra imersa no medo advindo do clima de violência que toma conta de nossa alma. Vivemos em uma sociedade que se encontra paralisada, catatônica mesmo, diante da idéia de que ela, a sociedade, deve tomar uma atitude madura e serena para dar um basta a todo esse cenário que vem se desenhando nas ruas e lares de nossa nação. Tememos o mal que vem se assenhoreando da vida e, para piorar, nos encontramos demasiadamente desfibrados para agirmos como pessoas de bem para reverter essa situação que de modo politicamente correto vem pervertendo todos os valores civilizacionais em nome de um “mundo melhor possível” que é conjecturado por almas doentias que desejam apenas dissimular o bem para melhor perverter o que é bom. Para reverter esse quadro plúmbeo urge que revertamos os ares turvam a visão que temos do mundo a nossa volta e, principalmente, de nós mesmos.
Dartagnan da Silva Zanela,
em 28 de maio de 2009.

OFENSIVA ÍNTIMA

Imagem
Escrevinhação n. 761, redigida em 26 de maio de 2009, dia de São Felipe Néri.
Por Dartagnan da Silva Zanela

"Consciência é como vesícula, a gente só se preocupa com ela quando dói." (Stanislaw Ponte Preta) - - - - - - - + - - - - - - -
Quando deitamos nossa vista sobre as iluminadas páginas da obra “O Diálogo” de Santa Catarina de Sena nos deparamos com palavras vertidas de uma alma generosa que a todo o momento nos aconselha a colocarmos nosso autoconhecimento frente à misericórdia divina e, ao mesmo tempo, abrir os átrios de nosso ser para a Luz da Misericórdia divinal para que, deste modo, possa nos curar deste grande mal que habita o nosso íntimo e que irradia para os quatro ventos as suas máculas, que é a ignorância de si mesmo.
Quando falamos da ignorância de si, não estamos nos referindo à ignorância advinda da iletramento. Não mesmo. Aliás, não é exatamente essa a ignorância mais letal que existe e que pode vir a afetar a alma humana. De mais a mais, se todas essas in…

A TEORIA DOS QUATRO DISCURSOS

Imagem

FULTON SHEEN - em cores e legendado

A PRIMEIRA PAZ (Alce Negro)

"A primeira paz, que é a mais importanteé aquela que vem de dentro de nossa almaquando ela compreende seus relacionamentossua unidade com o universo e todos os seus poderese quando ela compreende que, no centro do universose abriga o Grande Espíritoe que esse centro está realmente em toda parteestá dentro de cada um de nós".

SOBRE A DISCIPLINA - parte III

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela no Programa BOAS NOTÍCIAS no dia 21 de maio de 2009.
Dartagnan da Silva Zanela - SOBRE A DISCIPLINA - parte III

SIMONAL- NINGUÉM SABE O DURO QUE DEI

O filme passa a limpo um pouco da trajetória do cantor Wilson Simonal. Envolvido em um lamentável incidente durante o período militar, Simonal passou de ídolo absoluto da MPB a degredado pelas celebridades esquerdistas e patrulhas ideológicas. A pena imposta por seu erro (que o filme não esconde) parece ter sido muito acima de qualquer critério de razoabilidade, humana, histórica ou legal.
Entrevista com o diretor Cláudio ManoelFonte: http://midiaamais.com.br

REFLEXÕES BLÓGICAS – XVI

O ser humano no ciclo moderno, mais do que nunca, perdeu totalmente o sentido de sua vida e bem como a relação deste com a natureza. Tal é o abismo que há nos dias hodiernos entre o ser humano e o mundo natural que em um ato de desespero inventamos fantasias panteístas e animistas absurdas que, por sua deixa, não recolocam o homem em seu devido lugar no meio natural, mas sim, abaixo do que é devido a sua natureza. Um reflexo disso é o que se convencionou chamar de artes plásticas contemporâneas onde qualquer amontoado de cores que poderia ter sido feito até mesmo por um chipanzé passou a ser tido como arte de alto nível, mesmo que esse nível seja o mais rasteiro inimaginável.
Dartagnan da Silva Zanela,
em 24 de maio de 2009.

SOBRE A DISCIPLINA - parte II

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela no dia 20 de maio de 2009 no programa BOAS NOTÍCIAS.
Dartagnan da Silva Zanela - SOBRE A DISCIPLINA - parte II

REFLEXÕES BLÓGICAS – XV

A procura pela verdade começa em nosso íntimo, no intento de vivê-la e realizá-la em nossos atos mais corriqueiros como algo que literalmente emana de nossa alma como se fosse água de uma fonte. A alma humana que não deseja contemplar e viver a procura pela verdade é como uma fonte de água que se converte em banhado, liquidando sua natureza e anulando a sua beleza cristalina que advém de seu interior e que foi sufocada pela lama da soberba tal qual o homem que acredita que sua vida deve ser norteada pelos seus prazeres e desejos materiais. Desejos esses alimentados pela crença pífia de que isso é o que a vida tem de melhor para nos ofertar.
Dartagnan da Silva Zanela,
em 22 de maio de 2009.

SOBRE A DISCIPLINA - parte I

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela no dia 19 de maio de 2009 no programa BOAS NOTÍCIAS.
Dartagnan da Silva Zanela - SOBRE A DISCIPLINA - parte I

MASTURBAÇÃO INTELECTUAL (em pdf)

MASTURBAÇÃO INTELECTUAL

Imagem
Escrevinhação n.º 760, redigida em 19 de maio de 2009, dia de São Pedro Celestino, sexta semana da Páscoa.
Por Dartagnan da Silva Zanela
- - - - - - - + - - - - - -
Em sua obra Em berço esplêndido o embaixador José Osvaldo de Meira Penna nos aponta uma marca indefectível de nossa sociedade que é pouca inclinação para o silêncio meditativo e bem como para os longos e árduos estudos. Todavia, na mesma proporção de repudiamos a dedicação ao soturno exercício do estudo silencioso e abnegado, nutrimos uma forte inclinação ao falar, falar, falar, sem necessariamente nada dizer de substantivo.

Tal prática não se vê presente de maneira marcante entre as pessoas pouco letradas, não mesmo. Na verdade, se formos meditar com a merecida sinceridade perceberemos que são justamente as pessoas travestidas de “doutas”, ou de “entendidas”, ou simplesmente de “cidadãos”, que mais facilmente se entregam aos deleites das conversas vazias elegantemente preocupadas com os problemas do Brasil e do mundo sem…

REFLEXÕES BLÓGICAS – XIV

O cinismo da sociedade é algo que deveria assombrar todas as pessoas decentes dessa Época. Entretanto, infelizmente, para a média geral da população, toda a atmosfera putrefaz que paira sobre nós é aceitável e mesmo normal devido ao nosso entendimento do que seja a normalidade da existência humana. Acostumamo-nos a julgar a dignidade do existir humano fazendo uso de uma medida ínfima do que seja o ser humano. Por vermos apenas a nossa volta exemplos de pessoas medíocres a nos governar ou posando de guias espirituais e/ou intelectuais passamos a crer que o ser humano é assim mesmo e, por essa razão, nos tornamos incapazes de sermos seres grandiosos tal como Deus quer que sejamos e esse problema nasce e cresce em nossa alma devido aos modelos de humanos que utilizamos para medir a nossa vida e nossa dignidade. Por isso, se fosse dar um conselho, daria apenas um: leia as biografias dos Santos, medite sobre os ensinamentos dos místicos e sábios, tome conhecimento do que há de mais digno e…

Alain de Benoist - uno documental en español

REFLEXÕES BLÓGICAS – XIII

Disciplinar-se. Eis aí a palavra chave para fundamentar toda boa formação de um ser humano. Encontrar o ponto central de seu ser para a partir dele poder mover os rochedos que o mundo apresenta em nosso caminho. Propor uma meta para si e fazer dessa meta um farol, um guia nesta grande aventura pelos mares dos dias de nosso viver. Eis aí o sentido para o nosso existir, para uma existência digna de ser chamada de humana. Sem uma luz cintilante para iluminar nossos passos e sem a disciplina necessária para cobrarmos de nós mesmos a realização do que devemos vir a ser, tudo o mais se torna chulo e vazio, tal qual é boa parte de nossa sociedade onde a maioria das pessoas sonha realizar grandes feitos sem ao menos exigir de si os sacrifícios necessários para realização ao menos de uma pequena parte do que deliram ser merecido a elas. E são essas pessoas imersas em sua mediocridade que dizem que você não é capaz de fazer o que pretende com sua vida. Não porque você não seja capaz, mas sim, p…

SOBRE O AMOR - parte II

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela para o programa BOAS NOTÍCIAS no dia 12 de maio de 2009.
Dartagnan da Silva Zanela - SOBRE O AMOR - parte II

SOBRE O AMOR - parte I

Comentário realizado por Dartagnan da Silva Zanela para o programa BOAS NOTÍCIAS no dia 11 de maio de 2009.
Dartagnan da Silva Zanela - SOBRE O AMOR - parte I

REFLEXÕES BLÓGICAS – XII

A noite é fria, mas o calor humano da família é grande e este, mais ardente fica debaixo do abençoado teto e envolto do agasalho que junto de minha carne e da dos meus, nos protege do frio que bate a nossa porta. Porém, o teto e manto podem impedir que o frio tome conta de nosso coração? O conforto material é capaz de nos protege de nossa fria vileza? Provavelmente não, pois apenas o amor caritativo pode aquecer âmago de nosso coração. Somente o calor da mão que se estende para aquele que a pele é cortada pelo frio pode, realmente, aquecer a frieza de nossa alma. Resumindo o conto: Doe um agasalho ao próximo para você poder ser merecidamente chamado por ele de irmão e por Aquele que É de filho.
Dartagnan da Silva Zanela,
em 15 de maio de 2009.

PROGRAMA AVE MARIA DO DIA 14 DE MAIO DE 2008

AVE MARIA é o programa da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda a sexta-feira das 18h00 as 18h15 pelas ondas da rádio Iguaçu FM e, nas quintas é apresentado por Dartagnan da Silva Zanela.

Chique de matar: o amor doentio de Hollywood por Che Guevara

SEMENTES

Comentário proferido por Dartagnan da Silva Zanela no programa BOAS NOTÍCIAS no dia 07 de maio de 2009.
Dartagnan da Silva Zanela - SEMENTES

NÃO ME VENHA COM FIRULAS – parte III (arquivo em pdf)

NÃO ME VENHA COM FIRULAS – parte III

Imagem
Escrevinhação n.º 759, redigida em 13 de maio de 2009, quinta Semana da Páscoa, dia de Nossa Senhora de Fátima e Santa Maria Domenica Mazzarello.
Por Dartagnan da Silva Zanela

"A dignidade é medida pela categoria do amor”. (Papa João Paulo II) - - - - - - - + - - - - - - -
Nada é mais degradante para o indivíduo e, conseqüentemente, para toda uma sociedade, do que procurar se auto-explicar basicamente por um viés materialista, como muito bem nos explica F. Schuon e R. Guénon. Aliás, essa, a civilização Ocidental Moderna, é a primeira de toda história da humanidade que fundamenta a explicação do sentido de sua existência por uma via desse gênero. Mas, por que tal cosmovisão seria assim tão degradante para o indivíduo e para a sociedade em que ele está inserido? Eis aí uma pergunta que não deve ser calada de modo algum.
Quando pensamos a natureza humana, devemos procurar apontar notas que a caracterize enquanto tal e nos diferencie das demais criaturas que existem. Dito isso, a prim…

TRÊS VÍDEOS COM O FILÓSOFO OLAVO DE CARVALHO

Segue abaixo três vídeos com o filósofo Olavo de Carvalho. O Primeiro é um trecho de sua aula sobre A HISTÓRIA ESSENCIAL DA FILOSOFIA, o segundo é um trecho de aula sobre O PROJETO SOCRÁTICO e o terceiro é um fragmento de uma edição do programa True Outspeak onde o referido professor dá algumas dicas de estudo. Vale a pena assistir.

REFLEXÕES BLÓGICAS – XI

Imagem
Neste fim de semana tive a grata alegria de assistir o filme MEU NOME É RÁDIO (direção de Michael Tollin) que conta a história de um garoto (Cuba Gooding Jr.) portador de deficiência mental (ou necessidades especiais, se preferirem) e de seu crescimento pessoal a partir do convívio que ele passa a manter com um professor (Ed Harris) de uma pacata cidade do interior dos EUA. As transformações sofridas pelo garoto no transcorrer da película são incríveis, mas o que realmente chama a nossa atenção é o quanto que ele transforma as pessoas mostrando o que há de mais dignamente humano nelas apenas através de seu jeito especial de ser Rádio. Realmente, uma história fantástica de dedicação, de amor pelo próximo e de grandiosidade. Se você não viu, não deixe de ver. É simplesmente impossível ficar indiferente frente à história do garoto chamado Rádio.

Dartagnan da Silva Zanela,
em 11 de maio de 2009.

DOR E PERDÃO

Comentário proferido por Dartagnan da Silva Zanela no programa
BOAS NOTÍCIAS no dia 08 de maio de 2009.
Dartagnan da Silva Zanela - DOR E PERDÃO

DO PATRIMONIALISMO – BREVE MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA

REFLEXÕES BLÓGICAS – X

Certa feita o filósofo Olavo de Carvalho havia escrito em um de seus artigos que a única diferença que há entre e educação no Brasil e o crime organizado é que o crime é organizado. Complementaria tal dito afirmando que o segundo sabe o que o que está fazendo, o primeiro, no máximo, tem apenas uma vaga noção. Para alguns, tais palavras podem parecer absurdas, mas vejam só esse caso que é deveras ilustrativo: em um encontro regional de educadores um burocrata responsável pela orientação destes, diante da perplexidade dos professores frente ao analfabetismo funcional gritante dos alunos (no ensino médio e fundamental), disse que isso não seria tão importante não. O principal é que eles, os alunos, desenvolvam uma visão crítica, o resto seria secundário. Ops! Espere aí: como é possível desenvolver essa tal de criticidade se os alunos não estão sendo devidamente munidos com as ferramentas basilares para tal intento, que saber ler e escrever razoavelmente bem? Provavelmente o burocrata em …

CONTEMPLAR

Comentário proferido por Dartagnan da Silva Zanela no programa BOAS NOTÍCIAS no dia 06 de maio de 2009.
Dartagnan da Silva Zanela - CONTEMPLAR

ROSAS PARA AS MAIS LINDAS FLORES

Imagem

SIMPLESMENTE MÃE

Imagem
Por Dartagnan da Silva Zanela,
Em 09 de maio de 2009.
Vida! Eis o dom.
Que com graça é vivido
Quando em estado de Graça
É servido.
Quando a alma

No júbilo do espírito
Regozija-se e se farta,
Pelo dom recebido
Daquela que nos pariu.

E em meio à dor
Gentilmente sorriu
E sorri
Por nos ver vivos
Enlanguescidos...
Pequeninos...

E em seus maternais braços
Nas labaredas do amor
Aquecidos...
E em seus afagos
Vivos...
Desejosos por ver
O por vir de nosso viver...

E sem nada pedir
Ou cobrar
De nós...
Filhos,
Frutos do abençoado ventre
Frutos esses...
Viventes e
Muitas vezes
Ingratos...

Eis aí
Um triste fado
Por nós
Tocado...

E mesmo assim
A triste canção
É aceita alegremente
Por elas...
Tamanha a grandeza
Da maternal alteza
Que nos abençoou com a vida
E pela vida
Segue a nos abençoar.

O QUE IMPORTA ESTÁ NAS MÃOS DE DEUS

Comentário proferido por Dartagnan da Silva Zanela no programa BOAS NOTÍCIAS no dia 05 de maio de 2009.
Dartagnan da Silva Zanela - O QUE IMPORTA ESTÁ NAS MÃOS DE DEUS

REFLEXÕES BLÓGICAS – IX

Olha, blogicamente falando, o aprendizado de qualquer coisa só é possível quando se tem um elemento fundamental que é a vontade. Essa pode ser cultivada desde o âmago da alma infante (ou adulta) ou condicionada por fatores externos que vão desde necessidades imediatas até a pressão advinda de uma possível reprovação se um coeficiente mínimo acordado não for atingido. Obviamente que a primeira situação é a mais desejável (a ideal), porém, essa se torna uma quimera em um sistema educacional onde a presença do aluno em sala é compulsória e não se instrumentaliza o corpo docente com mecanismos simbólicos como a possibilidade de puni-lo (reprovação) se ele não esforçar-se minimamente para realizar o papel que lhe cabe em uma Instituição dita de ensino que é estudar. O troço é tão esquisito que chegamos ao ponto de que para muitos “educadores” é demais (um absurdo, como eles falam) exigir que um aluno, estando no ensino médio, saiba ler razoavelmente bem e seja capaz de elaborar uma frase q…

DEMOGRAFIA E ISLAMISMO

Este vídeo é simplesmente imperdível. As questões levantadas pelos autores do breve documentário devem ser meditadas com a devida serenidade e com a necessário urgência.

PROTESTO TIPICAMENTE MODERNO

Comentário proferido no dia 04 de maio de 2009 no programa BOAS NOTÍCIAS. Dartagnan da Silva Zanela - PROTESTO TIPICAMENTE MODERNO

NÃO ME VENHA COM FIRULA - parte II, em pdf

NÃO ME VENHA COM FIRULA – parte II

Imagem
Escrevinhação n.º 757, redigida em 05 de maio de 2009, dia de Santo Ângelo, quarta semana da Páscoa.
Por Dartagnan da Silva Zanela

"A hipocrisia é uma homenagem que o vício presta à virtude."(François de La Rochefoucauld) - - - - - + - - - - - É impressionante como a palavra “dever” assusta muitas pessoas. Basta que a mesma seja enunciada, mesmo que de maneira tímida, que mais do que depressa aparece uma voz dizendo que isso é um absurdo, é autoritário, é o fim do mundo, que é isso ou aquilo. Porém, o que acaba sendo esquecido nessas ocasiões é justamente que o cumprimento de um dever é sinônimo de responsabilidade que, por sua deixa, é um pré-requisito para um indivíduo se reconhecer como uma pessoa madura e, ser maduro é um elemento essencial para podermos viver de maneira livre.
Ensinar isso é à base da formação de uma pessoa que venha a se tornar digna, prestativa e boa, como diria Goethe. Uma pessoa que não é capaz de assumir deveres para consigo mesma tornando-se resp…

COMENTÁRIO BLÓGICO – VIII

Diante da atual situação em que se encontra essa terra de desterrados chamada Brasil, julgo que seja mais do que apropriado que meditemos sobre as palavras do Patriarca de nossa Pátria, José Bonifácio, que nos indaga: “Quanto custa conciliar paixões opostas, vencer obstinados e preocupados, instruir ignorantes, desmascarar hipócritas, ameigar altanados e escapar aos golpes da intriga e das cabalas?” Quanto custa toda essa conta macabra? Quanto?
Dartagnan da Silva Zanela,
em 05 de maio de 2009.

COMENTÁRIO BLÓGICO – VII

Não sei se sou apenas eu que estou com essa impressão, mas creio que o nome primeiro dado a tal “gripe suína” é bastante apropriado, visto que, a sujeira em torno da mesma, ao que tudo indica, não é pouca. Digo isso pelo seguinte: vocês não acham que está sendo feito um estardalhaço muito grande em torno de algo que não é assim tão grave? Segundo: toda vez que se cria um clima de histeria coletiva (a nível global, principalmente) você tem a criação de novos mecanismos de engenharia social, correto? Pois bem, aí então caberia a dita indagação: por que se criou um clima de histeria tão grande frente a uma doença com um nível de letalidade tão baixo? Por um acaso não seria por esse motivo? Confesso que não tenho a resposta para essa pergunta, mas que há algo de podre nos jardins globalista, com certeza há.
Dartagnan da Silva Zanela,
em 04 de maio de 2009.

REFLEXÕES BLÓGICAS – VI

Sempre quando ouço qualquer representante desta massa de imbecis politicamente-corretos falando sobre os problemas disso ou daquilo tenho a nítida impressão que estou diante de um perfeito lunático que ou desconhece por completo o que seja vida humana e seus dilemas existenciais, ou de um desesperado que até conhece esses, porém, por desespero, prefere resumir tudo em uma fábula de luta disso ou daquilo para assim poder justificar a sua impotência intelectual para compreender o que está a sua volta e assim, a moda de Pilatos, poder lavar as mãos diante dos problemas que, por sua deixa, têm sua autoria projetada em bodes expiatórios como o sistema, ou o “capetalismo”, ou coisas do gênero. Não é por menos que quanto mais pessoas se reúnem para discutir a resolução de um problema, menor é a possibilidade real de resolvê-los, pois o desejo de posar de bom moço (impotentes) diante da sociedade é maior do que o de fazer algo realmente interessante. E é só.
Dartagnan da Silva Zanela,
em 03 de …

Entrevista de Olavo de Carvalho (1996)

Imagem

C.S Lewis (Legendado em português)

Durante os anos de guerra, Lewis gravou uma serie de programas de rádio para a Nação. Tristemente, por causa do esforço da guerra, foram reciclados a maioria dos carretéis auditivos. E o mundo perdeu um capítulo da herança de um homem para sempre.Mas um sobreviveu. E eu tenho esta gravação aqui compilada para você como o próprio Lewis falou há muito tempo.

DISCURSO SOBRE O VAZIO

Dura necessidade
de invocar os objetos,
como se dependêssemos
deles para existir.

Como se o seu vazio
fosse menor que o nosso:
nós que usamos palavras
por medo do silêncio.

(Ângelo Monteiro. in: Didática da Esfinge)

DEVER HUMANO

Comentário proferido por Dartagnan da Silva Zanela no programa BOAS NOTÍCIAS no dia 01 de maio de 2009.

REFLEXÕES BLÓGICAS – V

A bravata do jornalista do vídeo [segue abaixo] é muito boa, divertida e assino em baixo. Porém, esse não é o problema mais grave a assola o nosso país. Se o âncora da bravata, como jornalista, tivesse feito um mínimo de esforço investigativo, descobriria rapidinho toda essa falcatrua que não é nada oculta da sociedade brasileira. Essa apenas, hipocritamente, finge que não sabe. De mais a mais, gostaria de ver um âncora de um telejornal, como este, falar com a mesma virulência sobre as ligações do atual governo Petista com os membros do Foro de São Paulo que, diga-se de passagem, é uma organização fundada por eles mesmos que só reúne “gente fina”. Meu amigo, para bater em bêbado, não é preciso ter coragem, basta ser um bufo como boa parte de nossos legisladores. Não é preciso superioridade moral para isso. Agora, para denunciar um esquema continental de subversão e corrupção como o Foro de São Paulo, é preciso ter o que mais falta neste país: coragem intelectual e integridade moral. Q…