Postagens

Mostrando postagens de 2009

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte XVI

Escrevinhação n. 801, redigida em 29 de dezembro de 2009, dia de São Tomas Becker e da Sagrada Família.
Por Dartagnan da Silva Zanela

"A fé abre a porta ao conhecimento. A incredulidade a fecha."
(Sto. Agostinho)
- - - - - - - + - - - - - - -
A mensagem de Nosso Senhor é uma Boa Nova de alegria e, por essa razão simples, luminosa. Por ser uma mensagem de Luz em um mundo encoberto pelo torpor das sombras dos tentáculos das trevas e de seus vassalos, tal anuncio faz-se doloroso e somente a partir das inomináveis dores vividas pelo Verbo Divino Encarnado, que se manifesta para nós o esplendor de sua glória. Isso! Os mistérios Gloriosos do Santo Rosário que em meio a sorrisos róseos e lágrimas de sangue Aquele que É nos apresenta toda a luz altiva de sua glória celestial.

O primeiro destes cinco mistérios é a ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo (Jo XX, 1-18). Só de meditar sobre essa passagem da Sacra Escritura os átrios abrigados em meu peito palpitam em um ritmo não habitua…

MENSAGEM DE NATAL, DE SANTO NATAL

Escrevinhação n. 800, redigida em 23 de dezembro de 2009, dia de São João Câncio.
Por Dartagnan da Silva Zanela

"A vida da vida mortal é a esperança da vida imortal."
(Sto. Agostinho)
- - - - - - - + - - - - - - -
O homem é aquilo que está em seu centro ontológico. Somos, através de nossos passos, gestos, palavras, pensamentos e conflitos (internos e externos), a irradiação do que habita em nosso centro vital. Visualizamos com grande clareza a imagem impostada no centro de nossa alma em uma época como esta: o Santo Natal.

Nesta época do ano, o tempo todo se fala do Natal, sobre os preparativos para essa festa, mas em que medida, digo, de que forma nos preparamos e comemoramos essa Santa data? Eis aí uma pergunta simples e impertinente que deverá ser respondida unicamente por você no silêncio de sua alma, em uma visitação discreta ao centro do seu ser e verificar o que está sendo festejado intimamente com o nome de Natal e constatar com as meninas de seus olhos se realmente, ess…

FELIZ NATAL!

Imagem

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte XV

Escrevinhação n. 799, Redigida em 21 de dezembro de 2009, dia de São Pedro Canísio.

Por Dartagnan da Silva Zanela

“As almas! As almas! Se alguém soubesse o preço que custam”.
(Padre Pio)

- - - - - - - + - - - - - - -

Não é em uma única ocasião em que temos de ouvir uma e outra pessoa afirmar, com ares de indignação, que não entendem porque nós, Cristãos, representamos a imagem de Nosso Senhor Crucificado. Esses indivíduos viam e vêem em tal gesto um sinal de certa impiedade ou de falta de amor no coração. Ora, faz-me rir tais ponderações. Digo isso, pois tais incompreensões advindas do coração dos homens modernos frente ao quinto mistério doloroso, a crucificação de Nosso Senhor (Jo XIX, 16-22), nos revela uma triste imagem do que nos tornamos nos dias hodiernos.

Em outra ocasião, tivemos a oportunidade de partilhar algumas reflexões sobre esse doloroso mistério em nossa escrevinhação REFLETINDO SOBRE UM DOS MUITOS MISTÉRIOS (disponível em nosso site). Mas, como os ensinamentos Sacros são i…

AOS FORMANDOS DE 2009 DO COLÉGIO ESTADUAL PROFESSORA ISABEL F. SIQUEIRA

Escrevinhação n. 798, redigida em 15 de dezembro de 2009, dia de Santa Virgínia Centurione Bracelli e de Santa Nina.

Por Dartagnan da Silva Zanela

- - - - - - - + - - - - - - -

Boa noite. Podemos muitas das vezes pecar por falta de clareza devido ao uso breve e sucinto que fazemos das palavras. Porém para não incorrer na indelicadeza de abusar do paciente ouvido de vocês, correrei esse risco para, neste momento, proferir uma última lição professoral, uma sutil exortação, para esses jovens que aqui estão.

Para tanto, recordo aqui as palavras de um grande professor, Confúcio, que dizia a seus discípulos que um filho não deve dar a seus pais nenhuma outra preocupação além da doença. As enfermidades na maioria das vezes são imprevisíveis, outras tantas inevitáveis. Quanto ao restante das situações que vivemos dependem apenas de uma manifestação volitiva, de uma escolha deliberada de nossa vontade. E aí, eu vos pergunto jovens: foi apenas esse tipo de preocupação que vocês deram para os seus p…

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte XIV

Escrevinhação n. 797, redigida em 14 de dezembro de 2009, dia de São João da Cruz e de Santo Esperidião.

Por Dartagnan da Silva Zanela

- - - - - - - + - - - - - - -

São Pedro de Alcântara em seu TRATADO DE LA ORACIÓN Y MEDITACIÓN, nos apresenta preciosas orientações para nos auxiliar em nossa vida interior e, dentre essas instruções, ele nos chama a atenção para alguns temas que devem se fazer presente em nossas meditações diárias sobre os ensinamentos Sacros e, um dos temas basilares, apresentados em seu tratado, são as dores de Nosso Senhor para que tenhamos uma medida real do que é dor e assim mensuremos o quão suave são as dores que afligem a nossa carne, o nosso ego e a nossa alma.

Dos cinco mistérios dolorosos, na missiva de hoje, procuraremos dedicar à tensão de nossa pena digital ao quarto, que é a subida dolorosa ao Calvário (Lc XXIII, 26-32). O próprio enunciado deste mistério nos chama a atenção para uma verdade auto-evidente e, por essa mesma razão, tão desdenhada por nós que …

Programa Ave Maria, 10 de dezembro de 2009

O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h15. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte XIII

Escrevinhação n. 796, redigida em 08 de dezembro de 2009, dia da Imaculada Conceição de Maria, 31ª. semana do Tempo Comum.

Por Dartagnan da Silva Zanela

- - - - - - - + - - - - - - -

Quando voltamos nossas vistas para o mundo a nossa volta e vemos a barbárie que impera entre nós, pouca coragem nos resta (para não dizer nenhuma) para voltarmos nossos olhos para o mundo interior de nossa alma e perceber que as águas turvas que inundam a sociedade são apenas um reflexo simiesco das águas pútridas que banham nosso ser. E, para meditarmos sobre essa covardia espiritual que impera em nós e na Cristandade, há um mistério do Santo Rosário que ilumina-nos muito bem no que toca esse ponto. É o terceiro mistério doloroso (Mt XXVII, 27-31): a coroa de espinhos.

Nosso Senhor é levado ao palácio do governador e rodeado por toda uma guarnição. Um Homem todo martirizado pela violenta tortura que lhe fora imposta quando estava preso a uma coluna carecia de ser rodeado por uma corja de olhos medonhos, de u…

A UNIVERSALIDADE DO FRATERNAL ARDIL

Escrevinhação n. 795, redigida em 07 de dezembro de 2009, dia de Santo Ambrósio e de Santa Maria Josefa Rossello, 31ª. semana do Tempo Comum.

Por Dartagnan da Silva Zanela

“Deus é servido apenas quando é servido de acordo com a Sua vontade”. (Padre Pio)

- - - - - - - + - - - - - - -

Muitas são as mentiras elegantemente ditas e repetidas de maneira politicamente correta em nossa sociedade. Dentre todos os pacovas que se disseminaram no correr do ciclo moderno um dos mais letais para toda a Cristandade é justamente a idéia de fraternidade universal. Num primeiro momento, o amigo leitor pode estar sentindo-se um tanto que surpreso com essas primeiras palavras escritas por esse mísero escrevinhador, porém, vamos tentar responder, inicialmente, a uma pequena perguntinha: de onde surgiu essa idéia? Quando que essa história de "fraternidade universal" passou a ser entoada aos quatro ventos?

Seria um ledo engano pensar que foi com Nosso Senhor Jesus Cristo, visto que, como Ele mesmo nos …

Programa Ave Maria, 03 de dezembro de 2009

O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h15. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte XII

Escrevinhação n. 794, redigida em 01 de dezembro de 2009, dia de Santo Elígio e da Bem-Aventurada Maria Clementina Anuarite Nengapeta, dia de todos os Santos.

Por Dartagnan da Silva Zanela

”Seja perseverante nas orações e nas santas leituras”.
(Santo Padre Pio de Pietrelcina)

- - - - - - - + - - - - - - -

Segundo mistério doloroso: flagelação de Nosso Senhor Jesus Cristo atado à uma coluna (Mt XXVII, 11-26). Provavelmente, o mistério que mais ilumina a pequenez de nossa alma, que melhor alumia os recôncavos de nosso ser e denuncia para nossas vistas todas as máculas que tornam o odor de nossa alma algo insuportável.

Quando partilhamos nossas pequenas reflexões sobre os mistérios do Santo Rosário não estamos a falar de um reles sentimento subjetivo que toma conta de nossos átrios a tal ponto que nos surge a necessidade de externá-los, não mesmo. Todos os mistérios que contemplamos através da recitação silenciosa do Terço é um caminho que nos foi apontado pela Santíssima Trindade para que po…

Programa Ave Maria, 26 de novembro de 2009

O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h15. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

Programa Ave Maria, 12 de novembro de 2009

O Programa Ave Maria é o Programa radiofônico da Paróquia Nossa Senhora de Belém e vai ao ar de segunda à sexta das 18h00 às 18h15. Nas quintas a apresentação do mesmo é feita por Dartagnan da Silva Zanela.

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte XI

Escrevinhação n. 793, redigida em 24 de novembro de 2009, dia de Santo André Dung-Lac e companheiros.


Por Dartagnan da Silva Zanela

"A insensatez é sem dúvida irmã da malvadeza".
(Sófocles)

- - - - - - - + - - - - - - -

Mistérios Dolorosos. Primeiro mistério: A agonia mortal de Nosso Senhor Jesus Cristo no horto das Oliveiras (Mt XXVI, 36-56). Ao dedilhar o Terço, que ensinamentos nos vêm à alma no que se refere a esse mistério? De que modo as águas desse mistério nos lava as chagas de nossas dúvidas que emanam em nosso caminhar por esse vale de lágrimas? Como sempre, muito mais do que esse reles missivista é capaz de escrevinhar.

Para começo de prosa, devemos, penso eu, refletirmos quanto ao significado da dor. Por que sofremos? Por que muitas vezes nossa alma se vê tomada pela agonia? A resposta é simples: para que sejamos fortalecidos. Tão só e simplesmente isso. Aquele que É, em Sua infinita misericórdia, sabe claramente qual é a tempera de nossa alma e, por sua deixa, sabe pe…

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte X

Escrevinhação 792, redigido em 17 de novembro de 2009, dia de Santa Izabel da Hungria e São Roque Gonzáles.Por Dartagnan da Silva Zanela"A misericórdia de Deus será sempre maior que a tua ingratidão".(Santo Padre Pio de Pietrelcina)- - - - - - - + - - - - - - - “Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que tinha chegado a hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até a consumação”. (Jo XIII, 1) Eis o quinto mistério luminoso, a instituição da Eucaristia. O que podemos escrever sobre esse mistério? Tamanha é a profusão de ensinos de luz que esse mistério engendra em nossa alma que fica difícil focar as vistas de nosso coração em apenas um dos feixes de luz que emana de sua letra Viva.
Todavia, há um luzir central nesse mistério que dá unidade ao seu brilho divinal, que é o amor. Essa abençoada palavra, presente neste mistério, não tem o mesmo significado da palavra “amor” que é repetida excessivamente por nossos lábios, pelas laud…

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte IX

Escrevinhação n. 791, redigida em 10 de novembro de 2009, dia de São Leão Magno e Santo André Avelino.Por Dartagnan da Silva Zanela"A alma cristã deve fugir dos aplausos dos homens". (Santo Padre Pio de Pietrelcina)- - - - - - - + - - - - - - -A Transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo no Monte Tabor (Lc IX, 35). O quarto mistério luminoso. No alto do referido monte Cristo transfigura a sua forma humana em esplendor divino para São Pedro, São Tiago e São João. E, neste momento, surge em meio à luz a figura dos Profetas Moisés e Elias a conversar com Nosso Senhor sobre o que haveria de ocorrer com Ele. Dito isso, vamos diretamente a primeira questão que nos ocorre: por que num monte? Essa transfiguração não poderia ter ocorrido em uma planície ou em um vale? Por que em um monte? Na simbologia tradicional, as montanhas e montes são sempre apresentados como a morada da Divindade. Vale lembrar que o Cristo, passava muitos momentos junto de montes. Os mais especiais, destes, q…

MORRER PARA VIVER

Por Dartagnan da Silva Zanela A morte é um dos temas fundamentais para se compreender o sentido da vida. Todos os homens que dedicaram a sua vida à filosofia, à procura sincera e abnegada pela Sabedoria, em grossos traços, nos ensinam que a morte é o atestado de conclusão da obra humana que será apresentada diante da Eternidade. Ou seja: existir é simplesmente um preparar-se para a vida e a morte apenas a consumação dos preparativos feitos durante a existência para esse renascimento espiritual. Por essa razão que Platão nos ensina que a vida deve ser norteada pela procura do Sumo Bem e não pelos chulos e parvos “bens” que infectam a cabeça do homem moderno, inclusive dos filósofos de meia-pataca, que não são poucos e se fazem tão presentes e falantes no teatro de sombras e pó da sociedade hodierna.Pax et bonumSite: www.dartagnanzanela.k6.com.br

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte VIII

Escrevinhação n. 790, redigida em 03 de novembro de 2009, dia de São Martinho de Porres e de São Humberto de Liège, 31ª Semana do Tempo Comum.
Por Dartagnan da Silva Zanela
- - - - - - - + - - - - - - -

A proclamação do Reino de Deus (Mc I, 15). Eis o terceiro Mistério Luminoso do Santo Rosário ao qual, todo aquele que deseja, sinceramente, permitir que os átrios de sua alma sejam realmente clareados, deveria entregar francamente se entregar à sua meditação e assim desvendar no âmago de seu ser as luzes que lhe foram confiadas no ato de sua criação e bem como as sombras que dia à dia vão se assenhorando de sua alma devido a frugalidade de nosso olhar viciado pelas miudezas prometidas pela sociedade moderna com ares de glória, de vanglória.
"Completou-se o tempo. Chegou o reino de Deus. Convertei-vos e crede no Evangelho". Assim, com essas palavras Nosso Senhor anunciava a Boa Nova por onde os seus pés o levavam. Para refletir sobre esse Mistério, permita-nos iniciar pela última …

MISTÉRIOS QUE REVELAM A VERDADE – parte VII

Escrevinhação n. 789, redigida em 26 de outubro de 2009, dia de Santo Evaristo, 30ª Semana do Tempo Comum.Por Dartagnan da Silva Zanela
"Só é possível transformar-se na medida em que já se é". (Novalis)- - - - - - - + - - - - - - -Como luz é que mais a alma do homem moderno necessita, reflitamos brevemente através destas simplórias linhas sobre o segundo Mistério Luminoso do Santo Rosário, o mistério das Bodas de Canaã (Jo II; 1-12). Três dias após ter escolhido os primeiros discípulos (Jo I; 35-51), Jesus parte para Canaã, para a terra prometida. Logo no início nos chama a atenção à relação do tempo de três dias para que o Cristo abra caminho pelos seus passos para Canaã. No caso, nessa passagem se antevê a Canaã Celeste que ele apresenta a todos nós após três dias de sua Crucificação, pois, a sua vida, paixão, morte e ressurreição é o caminho para as suas Promessas.Lá chegando a sua mãe, a Santíssima Virgem, informa-lhe que o vinho da festa findara e pede que ele tome provi…